Modo Meu

The Phantom – O Espírito que anda

30/05/2012 - Categoria: Filmes - Autor(a): Caio Túlio Costa

O Fantasma

O que seria de um super-herói sem disfarce, máscara ou uniforme? Sem graça, não?

Muitas vezes usado por estilo, ou como forma de esconder a identidade secreta – modo de separar duas personalidades distintas -, o uniforme é algo diretamente ligado aos heróis dos quadrinhos. Podemos até fazer a comparação de que um super-herói sem um bom disfarce é como a última coca-cola do deserto, só que, quente…

Por isso, não podemos deixar de comentar sobre o primeiro herói a adotar essa “sagrada vestimenta”, a roupa que incita a imaginação, a principal característica que  intimida os malfeitores … E ele é o Fantasma!

Conhecido como “O Espírito que anda”, o Fantasma (The Phantom) foi criado por Lee Falk e conta a história de um herói misterioso e peculiar que combate o crime. Inicialmente, publicada em jornais americanos, a série foi lançada oficialmente em 17 de fevereiro de 1936 e até hoje vem conquistando fãs e admiradores em diversas mídias.

O Fantasma possui uma máscara preta e um uniforme roxo, que inicialmente seria cinza, mas graças a problemas de impressão, em 1939, o “defeito” foi adotado. Os vários editores que já publicavam o Fantasma ao redor do mundo, escolheram a colorização de acordo com as possibilidades gráficas e preferências. Por isso podemos ver nosso pioneiro azul na Escandinávia, marrom na Nova Zelândia e até vermelho no Brasil.

(Nota: O mesmo aconteceu com nosso querido Gigante Esmeralda, o Hulk, mas em vez de cor de berinjela, foi para cor de alface)

A identidade secreta do Espírito que anda é Kit Walker e o Universo criado por Lee Falk é muito rico. O Fantasma vive no país fictício Bengala (uma verdadeira mistura de cultura indiana e africana) e é um defensor da natureza, lutando contra caçadores, piratas e contrabandistas. O título “espírito que anda” é atribuído a Kit por conta do posto do Fantasma ser assumido por diversas gerações, ou seja, aos olhos dos outros ele “nunca morre”. 

O Fantasma combate os vilões com a ajuda dos nativos da ilha e seus parceiros selvagens: o lobo Capeto, o cavalo Herói e o falcão Fraka. Usando a força, perícias acrobáticas e muita sabedoria, o Espírito que anda tem duas grandes pistolas em seu cinturão de caveira, que é sua marca registrada.

Uma de suas maiores características é a de nunca matar um inimigo, embora a marca de seus anéis místicos de caveira sempre fique cravada nos malfeitores por conta de seus potentes socos.

AO LONGO DO TEMPO

Entre várias adaptações animadas, séries controversas e homenagens clássicas como as de nosso querido Mussum dos Trapalhões (que muitas vezes representou o Fantasma), o Espírito que anda teve até uma contestada adaptação cinematográfica em 1996. Os fãs mais fervorosos não ficaram nada satisfeitos. Afinal, a questão de cores do uniforme e um roteiro bagunçado deixaram várias confusões. O filme conta a história das Caveiras de Touganda, três jóias que juntas dão poder imensurável a quem possui-las. Um milionário louco e um bando de piratas estão caçando as preciosidades e cabe ao Fantasma impedir o triunfo do mal.

A adaptação foi dirigida por Simon Wincer (Operação Dumbo) e estrelada por Billy Zane (Titanic) Catherine Zeta-Jones (A Lenda do Zorro).

Confiram o trailer:

[Olá pessoal! Eu sou o novo integrante do Modo Meu. E é com orgulho que venho fazer parte dessa equipe fantástica e capacitada, sempre trazendo diversos conteúdos bacanas para vocês :D ]

 Me diga o que achou do post, só com sua opinião o blog pode melhorar.

Deixe um comentário ou entre em contato por e-mail.


Posts relacionados