Modo Meu

As Crônicas de Lizzie Borden e seu drama sangrento

28/04/2015 - Categoria: Séries - Autor(a): Elizabeth Viana

The Lizzie Borden Chronicles

Olá pessoas! Estava eu, surfando entre os canais da TV em busca de algo bom para assistir, e eis que me deparo com essa série… As Crônicas de Lizzie Borden (The Lizzie Borden Chronicles), que é uma continuação da história iniciada no filme de 2014, Lizzie Borden Took an Ax.

A série teve estréia no dia 5 de abril desse ano pra você que não sabe estamos no ano de 2015 e aborda a vida de Lizzie quatro meses depois de ela ter sido absolvida da acusação de ter assassinado o pai e a madrasta com quarenta machadadas.

A história se passa em 1892, onde Lizzie (Christina Ricci) e sua irmã mais velha Emma (Clea DuVall) tentam começar uma vida nova em meio a má reputação de Lizzie e dos problemas financeiros que herdaram do pai. Acontece que um detetive particular, Charles Seringo (Cole Hauser), foi contratado para encontrar mais provas contra Lizzie e assim poder reabrir o caso em que a mesma foi inocentada.

The Lizzie Borden Chronicles - Christina Ricci

Nesse processo de recomeço vários obstáculos vão surgindo e dificultando ainda mais a vida de Lizzie e somado a isso várias pessoas que a rodeiam vão morrendo, e assim temos um detetive em seu encalço louco para provar que ela está matando as pessoas para acabar de uma vez por todas com as pedras no caminho.

A série é produzida pela Sony Pictures Television e a produção executiva conta com nomes envolvidos em trabalhos como ‘House Of Lies’, ‘ Mad Men’, ‘Sons Of Anarchy’, ‘Teen Wolf’ e ‘American Horror Story’.

The Lizzie Borden Chronicles - Christina Ricci e Clea DuVall

Eu já tinha visto o filme, claro. E gostado, afinal se trata de uma história real e tem a presença da Christina Ricci. Eu acho que essa série tem tudo para dar certo, drama e uns suspenses assim de leve. Logo no primeiro episódio eu me lembrei dos filmes do Freddy, sim sim o Krueger, na parte das criancinhas cantando aquela canção bem fofinha. E a série vai seguindo assim, apresentação bacaninha dos personagens seguida de mortes e depois cenas dentro de um tribunal. E depois vem o fim… Bem, o final… Agrada! Só não gostei muito porque são apenas oito episódios.

Ah… E se você tem problemas com sangue não assista, ou aprenda a lidar com isso. E eu não acho necessário assistir ao filme antes porque dá pra entender bem a série assim, mas em caso de curiosidade vejam o filme também.


Posts relacionados