Modo Meu

A menina sem qualidades, psicologicamente viciante

06/06/2013 - Categoria: Séries - Autor(a): Mariana Fernandes

A Menina sem QualidadesA procura de séries de boa qualidade, eis que me surge “A Menina sem Qualidades“, o primeiro investimento em série de dramaturgia no canal MTV, que estreou na última semana de maio e estava se mostrando bem sucessida com apenas duas semanas de exibição.

Com o roteiro adaptado do romance alemão “O Homem sem qualidades” pelos roteristas: Felipe Hirsch, Renata Melo e Marcelo Backes, a série apresenta uma história bem psicológica que confesso me intrigar bastantes a cada final de episódio com o gostinho de “quero mais”, aquele tipo de série que se já tivesse terminado você assistiria toda em um dia sem dificuldades alguma.

Ana e RodrigoA história da menina de 16 anos, de nome Ana (Bianca Comparato), que se juga sem qualidades, ao contrário do que aparenta ser, já que por mais estranha que a garota aparente, a quantidade de livros lidos por ela são impressionantes. Envolvendo muita psicologia, a série apresenta temas como descoberta da sexualidade e bullying que nesses primeiros episódios rodam a vida da garota e as poucas pessoas com que ela se envolve.

Com previsão de 12 episódios, A Menina sem Qualidades está no atual momento (06/06) com 6 episódios lançados, exibição de segunda a quinta na MTV e a melhor parte é que após seu lançamento no canal, cada capítulo é postado na internet para os que perderam um dia ou outro.

Ana e professorProduzida pelo Estúdios Quanta junto com Quanta Post, a série chama atenção pelo estudo de fotografia elaborado de ótima qualidade, além do ótimo time de atores e trilha sonora invejável, dando a impressão de ser uma produção estrangeira. A Menina sem Qualidades definitivamente já virou um vício sem esforços, a história de Ana e a sua forma de pensar me encontrou.


Posts relacionados