Modo Meu

Alguma coisa mudou em Game of Thrones?

21/05/2015 - Categoria: Séries - Autor(a): Dyego Cruz

game-of-thrones-poster

De uns tempos pra cá, falar sobre Game of Thrones tem se tornado cada vez mais parecido como um problema político e religioso. E atualmente tem se tornado meio estranho, pois tenho visto muitas críticas a coisas que acontecem desde o início da primeira temporada (há uns CINCO anos atrás), mas que nunca foram nem sequer comentadas como comentam sobre algumas cenas mais recentes.

A polêmica mais comentada sobre a série atualmente, é de como as mulheres tem se tornado cada vez mais “fracas”, mais “usadas” e mais seja lá o que andam falando por aí devido ao fato da investida dos produtores em cenas de violência contra a mulher e principalmente as cenas de estupro.

Fico pensando o que foi que mudou desde o início da série em 2011, pois antes da quarta temporada ocorreram vários atos de violência, tanto verbal quanto física, contra a mulher, mas não vi nenhuma pessoa sequer criticar o que houve.

game of thrones - Viserys e Daenerys

Coisas como alguns dos diálogos entre Viserys e Daenerys Targaryen tipo “Quer acordar o dragão, sua putinha estúpida? O khalasar de Drogo era meu. Eu o comprei dele, mil gritadores. Paguei por eles com sua virgindade.“. Esse é um dos mais leves e no livro acontecem umas coisas bem piores do que esse tipo de conversa quando o “dragão acorda”.

A cena em que Drogo “monta” Daenerys e a cena em que Mirri Maz Duur fala que havia sido estuprada três vezes antes de ser “salva” e não vi ninguém até hoje falando sobre o assunto.

O ponto que estou querendo chegar, é que a série continua a mesma coisa que era no seu início, mas atualmente as pessoas, tanto homens quanto mulheres, estão cada vez mais incomodados com certas realidades que são mostradas, pois mesmo sendo um mundo de fantasia com dragões, bruxas, wargs, gigantes, caminhantes brancos e sei lá mais o que, não é por isso que coisas que fazem parte da realidade do mundo em que a série foi inspirada possa deixar de ser mostrada.

Aviso de amigo, a partir daqui terão Spoilers da quinta temporada, então se ainda não assistiu, pare de ler aqui e agora.

Game ot thrones - 5 temporada - Sansa and Ramsayt

Não estou dizendo que apoio essa violência toda e que as mulheres não deveriam ter força/poder assim como elas tem nos livros, muito pelo contrário, eu concordo que elas deveriam sim ter mais espaço e menos nudez na série, mas as vezes acho que quem tá reclamando disso tudo não chegou a ler nenhum, pois aquela cena do episódio “S05E06 – Unbowed, Unbent, Unbroken”, em que Sansa Stark é estuprada por Ramsay Snow Bolton com o Fedor Theon Greyjoy assistindo, no livro é com outra personagem e acontece algo MUITO PIOR.

Teve também aquela polêmica cena de Jaime e Cersei Lannister em frente ao corpo de Joffrey, que até onde entendi, foi o que encadeou toda essa discussão sobre o excesso de violência contra a mulher, mas que de alguma forma mágica e milagrosa, fez com que ninguém conseguisse lembrar do que foi dito e mostrado nas temporadas anteriores.

A série está sim tendo várias adaptações e mudanças se comparado a história dos livros em que ela se inspirou, algumas são com certeza bem melhores e outras são péssimas, e também não está com um ritmo tão bom quanto as temporadas anteriores, mas ainda assim está tudo contextualizado e seguindo o seu rumo, mas não acho que o que está acontecendo sejam motivos para deixar de acompanhar.

Mas enfim, o que eu realmente estou querendo dizer com isso tudo, é querer entender o que realmente mudou não só na série, mas no mundo e na cabeça das pessoas, pois vejo muitos que acompanham a série desde o início criticando essa violência toda somente agora, quando na opinião da maioria a série está chata. Parece que quando a série era “boa”, todos ignoravam esses acontecimentos, mas aí quando não atende as expectativas, as pessoas começam a criticar coisas que realmente importam. Quando falo todos me refiro a maioria, pois sem que também gente que não apoia essas cenas desde o começo (mas infelizmente não é o suficiente para gerar tanta polêmica como agora).

Afinal mostrar uma cena dessas para contextualizar alguma parte da história é até “aceitável”, mas da forma exagerada como está sendo feito realmente fica um negócio muito “roteiro preguiçoso”.


Posts relacionados