Modo Meu

Orange is The New Black – série de menina, mas menino assiste

24/10/2013 - Categoria: Séries - Autor(a): Mariana Fernandes

Orange the New BlackAparentemente os tempos de “série de mulherzinha” mudaram muito de temática, antes o que envolvia compras, beleza, moda e tempestades em copo d’água, hoje vemos a pura realidade do ambiente feminino. Um desses exemplos é Orange Is The New Black, mais uma série do Netflix baseada em uma história real, mais uma pitada de ficção.

A série baseada no livro Orange is The New Black, a autobiografia de Piper Kerman, a verdadeira Piper Chapman, protagonista da série que é presa dez anos depois de ter cometido um crime ligado a sua ex parceira, uma traficante internacional de drogas que a denunciou após sua prisão. Nessa época Piper estava noiva de Larry Bloom que promete esperar os 13 meses em que ela foi condenada para depois casarem e continuarem suas vidas.

orange-is-the-new-blackCom adaptação de roteiro de Jenji Kohan, a mesma roteirista de Weeds, a série também nos faz parar para pensar na situação vivenciada pela protagonista e pensar: “E se fosse comigo?”, além de apresentar em cada episódio umas das histórias ficcionais das demais detentas.

Orange is the new blackOrange Is The New Black apresenta o cotidiano feminino das penitenciária americanas, abordando temas como divisão racial, homossexualismo, corrupção, morte, estupro, entre outros. A personagem principal, por mais que seja branca, interage com os as demais “raças”, assim podendo apresentar também as histórias dos demais grupos.

orange-is-the-new-blacKKUm estilo que me agradou bastante foi essa apresentação da realidade da sobrevivência na prisão e os personagens secundários, como: Alex, ex-parceira da protagonista, Red, a cozinheira e “líder” na prisão e Sophia, um transsexual, o que é bem raro em séries e a nível de curiosidade, em sua história ela aparece como homem e quem atua em seu lugar é o irmão gêmeo da atriz, entre outras.

Orange is the new black - SophiaMúsica de abertura, You’ve Got Time da cantora Regina Spektor, como um estilo bem diferente que ela costuma apresentar, formou um composição perfeita com a série. Escuta e diga o que achou.

Veja o trailer:


Posts relacionados