Modo Meu

Categoria: Ilustração

29/10/2015 - Categoria: Ilustração - Autor(a): Mariana Fernandes

Nina Stajner_Modo Meu

Quem estava com saudade dos posts indicando trabalhos de ilustradores para ter nas paredes? Não sei você, mas eu estava, pode ter certeza! Por isso vou entrar no conto de fadas com você para falar de Nina Stajner e suas artes fantásticas.

Lembra daqueles livros de crianças mais antigos com ilustrações bem trabalhadas, delicadas, feitas a mão, retratando principalmente animais? Pois é, isso mesmo que eu estou falando, daquele mundo encantado das fábulas infantis antigas que eu sinceramente gostaria de viver.

Nina Stajne_estilo Manual

Nina Stajner, da Eslovênia, é responsável por todo esse trabalho delicado e manual das ilustrações com esse estilo fábula antiga. Em sua apresentação no site ela diz que usa principalmente aquarela e tinta óleo e que gosta desse trabalho manual por mais que também trabalhe com pintura digital.

Eu sou completamente alucinada por trabalhos manuais, para mim enriquece o projeto, pois acaba possuindo uma lado mais emocional e cuidadoso. Felizmente esse tipo de técnica é usada com uma certa frequência na Europa, que ainda valoriza o manual por mais que exista mais facilidades no mundo digital. Valorização essa que sinceramente não vejo com frequência aqui nas terrinhas tupiniquins.

Nina Stajner_arte

Mas agora você me diz: “Mary do céu, eu PRE-CI-SO disso, pelamordi!” E para alegria geral da nação, os trabalhos da minha nova paixão, Nina, estão disponíveis no Society6 para comprar. Aêeeeeeee! Mas claro que não o original né “fí” e sim os digitalizados dessas belezuras manuais, que já tá valendo. Sei que o dólar tá caro, massss quem quiser investir é um bom custo benefício, já que dura uma vida toda se você cuidar!

Vou deixar o behance (aqui) e o site (aqui ó) da Nina para quem quiser ver mais trabalhos dela e mergulhar nessas fábulas ilustradas.

Nina Stajner_ilustação

Mas vem cá, antes de ir embora me diz o que achou das ilustrações e que estilo você gosta mais, manual ou digital?


03/03/2015 - Categoria: Ilustração - Autor(a): Mariana Fernandes

Vitor Martins_Modo Meu

Quando tive a ideia de falar sobre ilustradores que eu gostou e acredito serem acessíveis as nossas paredes, é porque eu queria conversar com alguém sobre uma série de ilustradores qual eu gostou muito, mas muito mesmo, e quem melhor do que os leitores do blog pra eu partilhar esses meus preciosos tesouros.

Vitor Martins é uma dessas pequenas joias que a gente mantém escondida até perceber que aquilo tem que ser compartilhado. Com 23 anos de idade, o ilustrador brasileiro de Nova Friburgo já possui uma boa trajetória de trabalho e uma ótima presença na internet, e sinceramente, é um dos meus prediletos.

Vitor Ilustra_Modo Meu

Conheci o Vitor por meio do meu querido Instagram (qual falei na leitura de e-mails do último podcast, que eu sou VI-CI-A-DA), pois tenho uma mania de seguir perfis bem visuais, tipo de fotógrafos, decoradores, modelos e ilustradores. No meio dessas andanças pelo app eis que encontro o perfil dele, qual me identifiquei muito.

Com um estilo bem puxado para o infanto-juvenil, o ilustrador mergulha nas cores e nos traços fofos, apresentando um trabalho simples e divertido. Suas artes são uma inspiração para mim, que de vez em quando volto a ilustrar levo esse tipo de traço como objetivo.

vitor martis_El cabriton

Agora você me pergunta: Mas onde estão os links para comprar as artes do Vitor Martins? Bem, infelizmente ele não possui uma lojinha ou uma conta no society6 para a nossa felicidade, mas devido a participação na 5ª edição do projeto “Baralho 54” da loja El Cabriton – que aliás acho incrível, pois cada carta é o trabalho de um artista diferente – dá para ter um pequeno trabalho do ilustrador. Sei que uma peça para comprar é muito pouco, mas vale muito a pena acompanhar a carreira do ilustrador, principalmente pelo Instagram, e quem sabe convencê-lo de disponibilizar mais peças para a compra.

Tenho que ressaltar que recentemente ele fez uma canal no Youtube, onde fala sobre literatura e ilustração, tendo alguns vídeos passo a passo. Pelos vídeos, percebo que ele realmente se assemelha com suas peças com o seu estilo fofo e engraçado de ser. Mais uma vez, recomendo que acompanhe não só os trabalhos, mas também a pessoa, que parece ser encantadora! ;P

Vitor ilustra a mão_Modo Meu

29/01/2015 - Categoria: Ilustração - Autor(a): Mariana Fernandes

Sabrina Eras_Modo Meu

Sabe quando você se sente orgulhoso só pelo fato do time do seu país ter ganhado um jogo ou algo do tipo?! Bem, eu sinto orgulho pelos grandes talentos que o meu país tem. Uma das razões dessa minha satisfação se chama Sabrina Eras, uma ilustradora brasileira cheia de trabalhos incríveis para mostrar.

Sabrina é uma paulista, que como a maioria dos ilustradores, desenha desde cedo, e com essa grande influência em criação, ela começou seus estudos achando que se encaixaria no mundo da publicidade, mas logo percebeu que não era bem assim, e o destino a encaminhou (graças a Deus!!!) para a ilustração.

Sabrina Eras_Fofas_Modo Meu

Com um estilo bem dela, Sabrina apresenta uma mistura de estilo gótico, que apresenta a sensualidade, em sua maioria feminina, sempre com um toque fofo trabalhado com aquarela. A ilustradora, na opinião de muitos, é uma das artistas mais talentosas do momento, tanto que seus workshops fazem grande sucesso, e já chegou a expor seu trabalho em galerias.

O que eu mais gosto em seu estilo são os retratos de mulheres que na minha opinião são mais reais, não apresentando só a mulheres “perfeitas”, com corpos e beleza padrão, e sim corpos mais reais, sexys, cabelos coloridos e uma auto confiança que transparece e são dignas de inveja.

Artes_Sabrina Eras_Modo Meu

Seu trabalho é bem acessível pois como a maioria dos ilustradores, o seu trabalho está disponível no Søciety6 (link aqui), o que indica preços bem legais, mas para ser sincera, dessa vez eu gostaria bem mais de algo “exclusivo”, pois pra mim o trabalho da Sabrina é como uma joia preciosa de tão lindo. Bem, deixo aqui um gostinho das peças e para mais informações segue os links.

Site: sabrinaeras.com.br / Flickr: sabrinaeras/ / Instagram: @samesjc / Facebook: /sabrinaeras


16/12/2014 - Categoria: Ilustração - Autor(a): Mariana Fernandes

Capa_Chris Lago_ModoMeu

De uns tempos pra cá, o termo brucutu passou a ser quase uma cultura para os fãs desse estilo de história. Personagens interpretados por ex-campeões de fisiculturismo, ganharam as características de homens fortões, machões que resolvem qualquer situação com as próprias mãos. Acostumados em ver muito desses personagens em séries e no cinema, agora podemos ter um pouco disso em nossas paredes, mas sem tirar a atenção das demais artes.

A combinação perfeita de personagens brucutus e arte se reúne em uma pessoa: Chris Lago, um ilustrador espanhol (se você leu antes que ele era inglês, o próprio Chris no mandou um recadinho afirmando ser espanhol. Bem que eu desconfiei que esse talento todo tinha que vir da Espanha hehehe), formado pela “EASD – Escuela de Arte y Superior de Diseño de Valencia”, que traz como característica principal de seus trabalhos, o retrato de personagens brucutus clássicos, que vão desde marinheiros carrancudos, até indígenas travestidos com pele de animais, mas sem esquecer das garotas duronas.

Brucutus_Chris LagoIlustras_Chis Lago

Não há muito do que se falar de Chris Lago, pois como a maioria dos ilustradores de fora, eles não se mostram muito. Conseguimos encontrar artes a venda e tal, mas nada de algo mais detalhado sobre suas carreiras.

Seus traços lembram muito aos desenhos de animações clássicas da Disney, mas com um estilo mais hipster. Sem muitos detalhes como texturas e efeitos, suas ilustrações são bem simples, chegando a ponto de só conter um fundo branco para a atrapalhar o concito principal.

Chris Lago_Ilustração

Enfim, por mais que não saibamos muita coisa sobre Chris, uma coisa é clara, suas obras estão a venda no Society6 e por um preço bem acessível (aqui), e podemos seguir o seu portfólio (aqui) e saber das novidades de suas obras. Mais um belo estilo de peça para manter na parede, não?!


03/12/2014 - Categoria: Ilustração - Autor(a): Mariana Fernandes

Colab55 no Modo Meu

Encontrar boas peças de arte é em parte complicado, pois acaba exigindo um tempo garimpando e se apaixonado por novos artistas. Pior ainda é quando não sabemos onde encontrar e que ferramentas seguir para ter um bom custo benefício em “arte“.

Comecei a apreciar ilustrações, pinturas e outras peças no Behance, onde eu tenho o meu portfólio, e posso ver trabalhos espelhados pelo mundo, quais vou virando fã e acabo descobrindo como adquirir as peças em ferramentas como o Society6, qual já indiquei várias peças vendidas nele, e o Deviantart, que eu acho um pouco confuso, maaaaaaasss tem muita coisa boa.

Peças Colab55Almofadas Colab 55

Em meio de tentas procuras, foi que parei para pensar sobre o por que não existia plataformas assim aqui no Brasil, que tanto ajudam a nós compradores (frete, frete, frete), quanto aos produtores das peças que também podem divulgar seu trabalho aqui na terrinha. Eis que eu descubro a plataforma Colab55, uma espécie de Society6 brasileiro, com diversas vantagens para usar.

Quem conhece o Society6, sabe que além de artes incríveis, existem formatos muito interessantes que podemos escolher, tipo: cartaz, quadro com moldura, quadro de lona, caneca, sacola, entre outros produtos que podemos escolher, e assim é o Colab55, só que mais perto e com uma variedade de produtos incríveis. Aí você vai vê um produto legal e da uma conferida no peço, o que não é tão parecido com os 12 Obamas do americano, maaaaaaasss se você fizer as contas, bem que pode valer a pena.

Peças Colab55_02

Motivos para conhecer

1. O Colab55 reúne artistas brasileiros, o que por si só já uma grande vantagem pois valoriza a nossa arte.

2. Quem viver reclamando de frete e tempo vai ter todos os seus problemas resolvidos uma média de uma semana de pac.

3. Se você é o artista, além de ter a vantagem de se divulgar no próprio país, tem a vantagem dar escolha do preço dos seus produtos, eeeee a taxa de transferência não ser tão cruel em impostos.

Enfim, não estou fazendo um gabar gratuitos e muito menos pago, mas é animador uma plataforma desse tipo nas terrinhas tupiniquins e ver que muitos dos ilustradores que amo estão aderindo a ela, o que quer dizer que tem mais artes para as nossas paredes.