Modo Meu

Categoria: Ilustração

03/12/2014 - Categoria: Ilustração - Autor(a): Mariana Fernandes

Colab55 no Modo Meu

Encontrar boas peças de arte é em parte complicado, pois acaba exigindo um tempo garimpando e se apaixonado por novos artistas. Pior ainda é quando não sabemos onde encontrar e que ferramentas seguir para ter um bom custo benefício em “arte“.

Comecei a apreciar ilustrações, pinturas e outras peças no Behance, onde eu tenho o meu portfólio, e posso ver trabalhos espelhados pelo mundo, quais vou virando fã e acabo descobrindo como adquirir as peças em ferramentas como o Society6, qual já indiquei várias peças vendidas nele, e o Deviantart, que eu acho um pouco confuso, maaaaaaasss tem muita coisa boa.

Peças Colab55Almofadas Colab 55

Em meio de tentas procuras, foi que parei para pensar sobre o por que não existia plataformas assim aqui no Brasil, que tanto ajudam a nós compradores (frete, frete, frete), quanto aos produtores das peças que também podem divulgar seu trabalho aqui na terrinha. Eis que eu descubro a plataforma Colab55, uma espécie de Society6 brasileiro, com diversas vantagens para usar.

Quem conhece o Society6, sabe que além de artes incríveis, existem formatos muito interessantes que podemos escolher, tipo: cartaz, quadro com moldura, quadro de lona, caneca, sacola, entre outros produtos que podemos escolher, e assim é o Colab55, só que mais perto e com uma variedade de produtos incríveis. Aí você vai vê um produto legal e da uma conferida no peço, o que não é tão parecido com os 12 Obamas do americano, maaaaaaasss se você fizer as contas, bem que pode valer a pena.

Peças Colab55_02

Motivos para conhecer

1. O Colab55 reúne artistas brasileiros, o que por si só já uma grande vantagem pois valoriza a nossa arte.

2. Quem viver reclamando de frete e tempo vai ter todos os seus problemas resolvidos uma média de uma semana de pac.

3. Se você é o artista, além de ter a vantagem de se divulgar no próprio país, tem a vantagem dar escolha do preço dos seus produtos, eeeee a taxa de transferência não ser tão cruel em impostos.

Enfim, não estou fazendo um gabar gratuitos e muito menos pago, mas é animador uma plataforma desse tipo nas terrinhas tupiniquins e ver que muitos dos ilustradores que amo estão aderindo a ela, o que quer dizer que tem mais artes para as nossas paredes.


28/10/2014 - Categoria: Ilustração - Autor(a): Mariana Fernandes

Luiza KwiatkowskaFinal de outubro logo lembra halloween, o que lembra vampiros, zumbis, monstros … e para continuar nesse clima vou falar da polonesa Luiza Kwiatkowska, uma ilustradora e designer de monstrinhos incrivelmente lindos que logo conquistam.

Em seu portfólio, Luiza logo apresenta o seu verdadeiro amor por monstros quando diz: “Minha cabeça está cheia de criaturas, então eu tenho que fazê-las vivas, pois não quero ficar louca (…) Meu trabalho é meu hobby e me faz feliz.”

Luiza Kwiatkowska - pelucia 1

Conheci Luiza Kwiatkowska vasculhando os Behances da vida, e logos me apaixonei por cada monstrinho lindo que ela faz, mas aparentemente as “pelúcias” não estão mais a venda, porém, contudo, entretanto, para compensar essa má notícia, as ilustrações estão a venda sim e são maravilhosamente acessíveis.

O seu trabalho está disponível a venda no site Society6 (olha o dela aqui), que possui várias opções de entrega dos trabalhos (papel, moldura e outros formatos) e principalmente é bem acessível paras as nossas lindas paredinhas.

Luiza Kwiatkowska - arte 1 Luiza Kwiatkowska - arte 2

Não tem muitas informação sobre ela na internet, mas em compensação o seu trabalho é bem fácil de acompanhar, por isso vou deixar aqui o link do seu Behance (aqui), para a gente babar as ilustras alheias.


29/09/2014 - Categoria: Ilustração - Autor(a): Mariana Fernandes

Lora Zombie _ capaSempre há uma surpresa quando descubro quem é o ilustrador das peças que passo a gostar. É normal ver uma pessoa mais colorida, bem informal, mas no caso da ilustradora conhecida como Lora Zombie, a vejo como uma personagem que saiu de suas peças.

A jovem ilustradora russa faz parte do grupo de artistas Eyes On Walls, que possuem como uma influência a arte urbana. No caso de Lora, é comum ver em suas obras o retrato de crianças, animais e principalmente referências a personagens de quadrinhos, sempre com uso de muita cor e técnicas de aquarelas, no qual o efeito de tinta escorrida de suas peças me faz cada vez mais apaixonada pelo seu trabalho.

arte Lora Zombie Lora Zombie arte Lora Zombie

Seu trabalho ganhou maior notoriedade quando a artistas fez a alguns anos peças para o grupo de ensaios sensuais Suicide Girls, foi dai que tive a oportunidade de conhecer suas demais peças. Para alguém que procure um pouco mais de humor em suas paredes, Lora é uma opção bem refinada e com certeza divertida, mas, porém, contudo, entretanto, suas peças não são tão baratinhas e estão disponíveis em alguns sites de arte. Com uma média de 40 dólares, o seu trabalho acaba sendo um dos mais carinhos (dessa moeda) que eu já apresentei, mas acredito que Lora é um verdadeiro quebra gelo na decoração e que vale muito a pena conhecer sua existência.

Arte de Lora Zombie

Para os interessados em comprar uma de suas peças, vou deixar aqui o site com as peças disponíveis para venda (aqui).


09/09/2014 - Categoria: Ilustração - Autor(a): Mariana Fernandes

Loish no Modo MeuNa terceira indicação de bons ilustradores acessíveis para ser ter na parede, vou dar uma variada, saindo do mundinho da aquarela  ( por causa dos últimos posts, aqui e aqui também) para andar no da pintura digital de Loish.

Lois van Baarle, a artista responsável por toda essa arte que lhes apresento, com certeza não é um livro aberto na internet, pois infelizmente não encontrei muito sobre a sua história, mas não tira o mérito de sua arte ser incrivelmente delicada e feminina, o que pouco se vê no meio da pintura digital.

Loish - Modo Meu Loish_lesminha

É comum encontrarmos artes nesse estilo mais voltada para o público masculino com formas de robôs, mulheres semi nuas e afins, mas Lois possui o melhor dos dois mundos, pois acredito que a artista possua peças que agradem os dois públicos.

Em sua maioria sendo retratos de belas mulheres, as peças costumam intercalar entre dois públicos, adulto com um toque mais maduro e sensual e um mais adolescente com cores vibrantes e características bem teen, o que eu acho ótimo, pois esse estilo eclético realmente me impressiona.

Loish - artes Loish - teen

Falando de valores, as obras de Lois são um pouco mais acima do que eu venho apresentando, com uma média de 30 a 40 dólares, acredito que não dá pra comprar de monte, mas pra quem gosta dá pra juntar um pouquinho e ter uma dessas peças incríveis em casa. Vale ressaltar que muitas vezes essas artes vem um pouco mais escuras do que vemos pelo computador, por causa da impressão, papel e outras coisinhas, então se isso é relevante para você, é melhor pensar bem antes de comprar.

Para os interessados, vou deixar o link de onde vende: InprntSociety6Deviantart


06/08/2014 - Categoria: Ilustração - Autor(a): Mariana Fernandes

Conrad RosetAo longo da história da arte as musas ficaram em evidência por quase todo o período, mulheres “perfeitas”, misteriosas e charmosas que tanto encantaram o nossos artistas e nos fazem parar para contemplar a sua presença. Não é diferente com Conrad Roset e sua forma de retratar mulheres que me encanta e por isso será a minha segunda indicação.

Artes Conrad Roset

Roset é um ilustrador espanhol, mais especificamente de Barcelona, que ganhou fama retratando mulheres com sua pintura que é uma mistura de rabisco com aquarela, que chega até a lembrar bastante as artes da Paula Bonet (aqui o post passado),que foi minha primeira indicação, mas com uma diferença de traços um pouco mais “imperfeitos”, presando mais as formas do corpo das mulheres do que os detalhes. É possível ver essa essa “imperfeição” nas artes de Roset observando a falta de detalhes em algumas peças ou a preocupação com alinhamento e afins.

Suas ilustrações passaram a ser tão bem criticadas que Roset teve a oportunidade de contribuir com suas ilustrações em varias coleções como da Zara e da Joid’art, além de já ter seu trabalho exposto em diversas galerias.

Arte Conrad RosetArte Conrad Roset

Vale ressaltar que o ilustrador se torna mais acessível, pois além das peças feitas a mão, em placa de madeira (que obviamente se tornam mais caras por conta da exclusividade), cartazes com grandes tiragens e seu livro, que expõem várias de suas obras, também são disponibilizadas em sua loja, com média de preço de 30 euros cada, o que se pensar bem não é tão caro assim para ter um obra de arte em casa.

Espero que gostem das artes de Conrad Roset, e para o próxima dica vou indicar alguém com um traço diferente para quem quer conhecer coisas novas. ;)