Modo Meu

Categoria: Fotografia

10/10/2013 - Categoria: App - Autor(a): Mariana Fernandes

The Q câmera no Modo MeuQuando achamos que já vimos de tudo em relação a câmeras e que agora só vamos ver melhorias de resolução, designs mais compactos e maior acessibilidade, ou seja, nada muito inovador, eis que surge a The Q, uma mistura de “smartphone“, go pro, cybershot e lomo com previsão de lançamento ainda esse mês (Outubro).

Encontrei a The Q no meu querido e amado Behance (veja o projeto aqui) e até então tinha cara de ser fictício, já que muitas coisas que vejo lá são utopias de nós designers e que só servem para mostrar como temos ideias legais que os “clientes” nem sempre dão valor.

The Q - MustardEnfim, ela é de verdade e além desse visual charmoso, a The Q apresenta a proposta de ser uma câmera que facilita a vida na hora do backup, pois ela possui uma função de descarregamento de fotos para a sua conta no QLabs, onde lá você define onde irá direcionar a foto. Ai surge a dúvida de como ela faz isso?! Essa câmera possui uma entrada para cartão micro SIM, pois ele só funciona a base do 3G,  pois assim você pode passar as fotos diretamente para suas redes sociais enquanto ele também faz o backup para o QLabs sem o uso de cartão de memória.

Ok ela tem um proposta legal, mas é só? Nop! Sabe essa visual meio 80’s? Não é só o design, a câmera apresenta a proposta de resolução de câmeras analógicas, ou seja, sabe esses pontinho que você está vendo nas imagens, sim são propositais para dar esse estilo analógico, podendo editar a imagem, tipo instagram, com as facilidade que já comentei.

The Q - Agua - FlashAgora acabou né? Bem, se eu não disser que ela pode ser usada debaixo d’água e possui um anel que serve como flash e foi projetado para que as pessoas pisquem menos devido ele não piscar, sim eu acho que acabou, pois ainda tenho dúvidas se esqueci de algo. Ahh, pera! Ela estará disponível em nove cores, cada uma com um nome divertido.

Depois de tanta função se não tiver desvantagem não existe! Bem, a The Q câmera ao meu ver é um luxo, algo muito específico que não possui funções para vários estilos que podemos usar em uma câmera profissional. Mas se você é uma daqueles fanáticos por câmeras diferentes e ela só seria mais uma para sua coleção, vale muito a pena, além de seu preço ser bem baixo para o lançamento, U$190. 

The Q - backupFique com o vídeo de apresentação da The Q e me diz o que achou dessa fofura.


19/04/2012 - Categoria: Fotografia - Autor(a): Mariana Fernandes

A onda vintage está de volta e com ela, as lomos vem com toda a força para alegria dos fãs de longa data e euforia dos novos seguidores dessa tendência.

Para quem não conhece, as Lomos são câmeras analógicas automáticas de alta sensibilidade, capaz de registrar cores e formas sem o uso do flash e sem deformação. Dando um efeito arredondado a fotografia, o que costumamos chamar de “olho de peixe”. A mais famosa entre elas é a Diana F+, com um modelo clássico de cor azul e preta, mas esse mesmo modelo possui outras versões de cores, como a Diana F+ Good Edition na cor dourada estilo rapper.

Os interessados nessas câmeras lindamente poderosas podem encontra-las no site oficial www.lomography.com.br/ com a média de preço de 300,00, mas para os moradores de Fortaleza adianto que essas belezinhas estão a venda na loja Okie Dokie.

Aconselho aos navegantes de primeira viagem que antes de comprar a Lomo, verifiquem onde possui um local de revelação de filmes na sua cidade, pois tem cidade que não possui mais e seria uma gasto a mais ficar mandando o filme para outros locais só para revelação.

Quem achou a câmera um amor, mas acha muito complicado essa história de analógico, indico o app Leme Cam que possui vários efeitos de câmeras Lomo e é gratuito para os usuários de IOS.

 Me diga o que achou do post, só com sua opinião o blog pode melhorar.
Deixe um comentário ou entre em contato por e-mail.


16/04/2012 - Categoria: Fotografia - Autor(a): Dyego Cruz

 Sabe aqueles vídeos que gravados dentro e fora de veículos, nos capacetes de aventureiros e nas pranchas de surf por aí?

Pois é, todos eles (ou pelo menos a maioria) são feitos com uma câmera que posso atestar por experiência própria que é de uma qualidade exorbitante, estou falando da famosa gopro.

Ela pode ser uma máquina pequena e ter a desvantagem de não ter um visor, mas em compensação é muito poderosa quando se fala em gravação, pois é super sensível em condições de baixa luminosidade, tira fotos de alta qualidade, grava em até 1080p (Full HD), acompanha um caixa protetora que possibilita filmagens em baixo da água e também vem com acessórios que você pode escolher entre Moto Sport, Surf, Helmet e Outdoor.

Agora uma dica importante de nerd, a gopro não possui memória interna, por tanto necessita de um cartão de memória SD formatado como FAT32 (o que raios é isso?) para funcionar corretamente.

Caso tenham alguma dúvida pode consultar o link do site e também deixarei um link com o manual em português. Qualquer dúvida podem perguntar que é bom que aprendemos juntos.

GOPRO

Manual GOPRO Português

 Me diga o que achou do post, só com sua opinião o blog pode melhorar.
Deixe um comentário ou entre em contato pro e-mail.


19/12/2011 - Categoria: Cinema e TV - Autor(a): Mariana Fernandes

Segunda feira, uma semana para o natal e eu estou de volta.

Depois de um final de semestre doloroso e cheio de estresse eu voltei, e como o prometido no twitter vou explicar para os curiosos como foi o processo de criação do stop motion do Modo Meu.

Como eu já disse, agradeço a todas as pessoas que participaram do projeto pois foram elas que deram boa parte da ideia, que produziam e que principalmente, fizeram com que o orçamento desse quase zero.

Para quem se perguntou como foi que eu fiz, aqui estão as imagens.

Como era um trabalho de faculdade, tivemos disponível o laboratório de vídeo, no qual não usamos nem um terço dele, mas foi ótimo por causa da iluminação que foi uma preocupação a menos, uma câmera profissional do laboratório de fotografia, por isso a resolução das imagens sairão tão boas, um painel preto, que no caso pode ser substituído por uma parede preta ou algo do tipo e giz que foi o nosso único gasto de produção, já que as roupas foram os meu looks de dia a dia.

Depois de todo os preparativos, só faltava uma tarde livre e muita disposição pois o vídeo teve em média 6 horas de duração para que todas aquelas fotos saíssem legais o bastante. Ao todo foram escolhidas 319 imagens, sendo passadas 6 delas por segundo para que o vídeo tivesse o minimo de movimento e tivesse um estilo bem stop motion.

Comentando do que eu achei para vocês que estão afim de fazer um vídeo desses. Não vou mentir, é trabalhoso sim, mas no final quando você vê aquilo que você passou dias e dias pensando em como fazer, colocando a mão na massa e depois sofrendo as consequências de ter ficado tão perto do giz (sou muito alérgica), em movimento e funcionando perfeitamente, é a melhor satisfação do mundo.

Apoio todos aqueles que querem fazer um vídeo criativo e digo mais, quem fizer algo bem criativo e cheio de animação pode mandar aqui pra blog que eu divulgo com prazer.

Me diga o que achou do post, só com sua opinião o blog pode melhorar.
Deixe um comentário ou entre em contato por e-mail.


16/12/2011 - Categoria: Cinema e TV - Autor(a): Mariana Fernandes

Modo Meu – Stop Motion – 01.mov from marynfernandes on Vimeo.

Oi gente,
Depois de tanto tempo sem postar por causa da correria do trabalho, faculdade, final de semestre e final de ano, trago para vocês a surpresa que passei semanas para elaborar junto com um grupo ótimo que ajudou bastante em tudo, pois é impossível e nada divertido fazer só.
Lembra de quando postei sobre Pixelation para vocês? Bem, naquele dia começava a ideia, pois tinha que fazer um vídeo para a conclusão de uma cadeira da faculdade e por que não fazer algo para vocês, já que eu teria que ficar ausente esse tempo todo.
O roteiro foi escrito por Raquel Campos (a @camposraquel que dá dicas de filmes e séries aqui no blog), produzido pela Uine Mendes, Joêmili Queiroz e Milena Martiniano e com a ajudinha de Égila Visgueira, Luciana Pessoa e Jean Melo. O vídeo foi dirigido, estrelado e editado por mim e teve uma duração de 6 horinhas só para fotografar fotinha por fotinha, agora diz que eu não amo os meus leitores.
Nessa sexta eu irei inaugurar o canal Modo Meu onde postarei vídeos variados (nada de aula de make, que pra isso já tem a dona Julia Petit que faz isso muito bem) com vários estilos e experimentos para divertir vocês. Mas, porém, contudo, entretanto ainda não terei uma frequência grande de vídeos, pois estamos começando e eu não quero prometer e depois não cumprir.
Se gostou vai lá no canal e dá uma curtida.