Modo Meu

Categoria: Console

06/03/2012 - Categoria: Console - Autor(a): Mariana Fernandes

Quem nunca jogou Mario e tem aquelas lembranças de um mecânico baixinho com a cara emburrada que junto de seu amigos Luigi e de seu mascote Yoshi, passavam missões para salvar a tal princesa princesa que só aparecia no final do jogo.

O problema é esse, a lembrança de um homenzinho parrudo com uma cara de emburrado e quadrado, não um garotinho rolicinho que rodopéia e fala como uma criança japonesa. Me desculpem pessoas que ainda são muito fãs do jogo, mas acredito que junto com as crianças que cresceram jogando Mario, deveria haver um jogo mais adulto, onde o Mario fosse realmente uma mecânico rabugento, com macacão sujo de graxa e a barba por fazer que poderia até ter uma bom coração e salvar uma princesa, mas que pelo menos fosse uma representação mais realista de um mecânico comum.

Nada tão contra ao jogos atuais, na verdade tenho sim, mas bem que poderia ter aquele jogo só para “adultos” mostrando algo mais “real”, com esgotos sujos e vilões nojentos?! Como tem que existir alguém que pense assim, encontrei um uma protótipo do jogos dos sonho chamado Super Marios Bros – Gulf of Mexico, que seria lindo se fosse realidade.

Para os que gostariam de outros Marios, responda a enquete lá na fanpage e comente o que te lembra quando pensa nesse jogo. Coloquei alguns estilos que encontrei para a opinião de vocês. Qual é o melhor Mario minha gente?!

 Me diga o que achou do post, só com sua opinião o blog pode melhorar.
Deixe um comentário ou entre em contato por e-mail.


24/02/2012 - Categoria: Console - Autor(a): Dyego Cruz

Este meus amigos e minhas amigas, é um jogo muito bom que tem como protagonista o parceiro do famoso encanador e de seus primos de outras cores, que provavelmente muita gente não conhece, pois até hoje não consegui falar com alguém que não tenha perguntado “Yoshi o quê?”.

A história do jogo se resume a Yoshi’s Island (ilha dos Yoshis) que viviam usando a Super Happy Tree (Árvore Super Feliz) que sempre os deixava felizes (nunca tinha parado para pensar nisso, então pensem o que quiserem pois estou morrendo de rir enquanto digito).
Mas, como sempre tem um invejoso que nem o Gargamel que não pode ver ninguém feliz e rouba a árvore e a felicidade dos pobres yoshis felizes.

O inimigo é nada mais nada menos que Baby Bowser, uma outra referência a outro personagem famoso (isso acontece muito durante o jogo inteiro), e o objetivo final é pegar de volta a Super Happy Tree (Árvore Super Feliz).

Além de ser livre para todas as idades, acredito que esse jogo deva causar um ataque de fofura nas meninas, pois além das criaturinhas, a trilha sonora combina perfeitamente com elas.

Pra quem ainda tiver interesse de jogar, ainda é possível por emuladores no computador ou procurando um Nintendo 64 a venda mundo afora.

Fiquem aí com um videozinho do gameplay e um abraço forte!

Me diga o que achou do post, só com sua opinião o blog pode melhorar.
Deixe um comentário ou entre em contato por e-mail.


14/02/2012 - Categoria: Console - Autor(a): Dyego Cruz

E aí pessoal beleza?

Calma que isso não é nenhuma invasão hacker ou guerra de meninos e meninas, mas é que fui convidado pela Mary a contribuir aqui no blog sobre assuntos aleatórios, tipo games, tecnologias, filmes e por aí vai… Espero que gostem, critiquem, divulguem e comentem o que acharam dos posts.

Como vocês podem ver pela imagem do começo, vou começar a falar um pouco de Final Fantasy IX, é eu sei, esse jogo é antigo e tem até site dedicado pra ele, mas e daí? Eu gosto dele e jogo no PS3  mesmo assim =)

Quando conheci esse jogo, fiquei tão louco pelos seus gráficos, trilha sonora, história, whatever, que comecei a jogar na casa de um amigo na versão japonesa, comprei memory card mesmo sem ter o console, ia pra locadora e tudo mais. Cheguei bem perto do fim nessa versão, mas só consegui mesmo terminar pela primeira vez quando comprei a versão americana e a jogar no computador no antigo EmuRayden.

Sempre ficava e ainda fico louco só de lembrar de todos os segredos que consegui descobrir e que ainda posso chegar a descobrir nessa aventura.

Agora depois de muito tempo(uns 6 anos no mínimo), após estar na posse de um PS3, redescobri o FF9 na PSN e não demorou muito para que eu gastasse R$ 21,00 e ter vários sentimentos de nostalgia com esse magnífico e apaixonante jogo (exagerado) e sua trilha sonora show.

Se você é um viciado(a) nesse jogo que nem eu, ainda é possível jogá-lo com emuladores no seu computador/notebook/macbook/whatever, no PS3 como falei antes ou se você ainda possuir um, no clássico Playstation.

Fiquem aí com algumas imagens e vídeos para ver um pouco deste maravilhoso (exagerado) jogo.

 Me diga o que achou do post, só com sua opinião o blog pode melhorar.
Deixe um comentário ou entre em contato por e-mail.