Modo Meu

Por um toque de ouro, o primeiro volume da série Trindade Leprechaun de Carolina Munhóz

10/06/2015 - Categoria: Livro - Autor(a): Elizabeth Viana

carolila-munhoz-por-um-toque-de-ouro-trindade-leprechaum-editora-rocco-03

Olá pessoas! Depois de não sei quantos anos (a exagerada!) eu volto ao blog, de novo, com mais uma resenha pra vocês. E o livro é: Por Um Toque de Ouro, da amada fada Carolina Munhóz. Esse é o segundo livro que leio dessa escritora que vem me conquistando bem aos pouquinhos e que merece o respeito até de quem não aprecia muito as histórias que ela cria.

Para quem ainda não sabe, Carolinha Munhóz é jornalista e escreveu o bestseller O Reino das vozes que não se calam (eleito o melhor livro de 2014 pela revista Atrevida) em parceria com a rainha dos Tirulipos, Sophia Abrahão. Carolina é integrante do Potterish, o maior site sobre a série Harry Potter e também do podcast Rapaduracast. Recebeu em 2011 o Prêmio Jovem Brasileiro como melhor escritora, e nesse ano (pra quem ainda não sabe estamos em 2015) ela ganhou o Vox Populi do prêmio norte-americano Shorty Awards.

carolila-munhoz-por-um-toque-de-ouro-trindade-leprechaum-editora-rocco-01

Quando a Rocco liberou o primeiro capítulo desse livro eu imediatamente corri para ir ler, eu vi essa capa linda e pensei: “Preciso”. Quando o capítulo acabou eu disse: “Necessito”. Mas enfim, vamos ao que interessa.

Em Por Um Toque de Ouro nós temos Emily O’Connell, herdeira da O’C, uma das marcas mais luxuosas de bolsas e sapatos haute couture (alta costura) do mundo. Ela é um tipo de Paris Hilton irlandesa. E é uma garota muito sortuda, tudo dá certo na vida dessa garota. Emily é cheia de sucesso, cheia de dinheiro e o que não falta nessa mulher é glamour. As mulheres a invejam, os homens a desejam, e ela só quer saber de baladas e bebidas, de curtir a vida. Emily é tão perfeita que até um GBF essa ruiva tem… O fiel escudeiro e irmão postiço Darren. Ah, e pais maravilhosos que a amam muito, Padrigan O’Connel (adorei esse nome, Padrigan) e Claire. Enfim, certo dia, porém, Emily se dá conta de que tanta sorte assim não pode ser só coincidência. Em uma festa que comemorava o feriado de St. Patrick, e depois de ganhar milhões em um jogo de sorte, ela se vê vítima de uma tentativa de estupro no banheiro da festa. Mas de uma maneira “mágica” ela consegue se livrar do perigo. Dias depois do ocorrido no banheiro, Emily conhece um rapaz cheio de mistério e bem encantador, Aaron Locky. Entre eles surge uma atração irresistível, coisa de alma, de aura… Como se um tipo de poder os cercasse e os unisse. Mas Emily não sabe que sua vida está prestes a mudar, de várias formas.

carolila-munhoz-por-um-toque-de-ouro-trindade-leprechaum-editora-rocco-04

Ela tem muito que aprender sobre sua própria vida e Aaron tem muito a ensinar, e nesse processo ela vai descobrir que não é um ser humano normal e que toda a origem de sua vida está diretamente ligada a uma tradição secular lendária.

Queria poder escrever mais coisas sobre a história, mas todo mundo está careca de saber que eu não curto Spoilers, e como tem muita gente que ainda não leu, é melhor não contar muita coisa.

Mas posso dizer que durante a minha leitura, eu meio que cansei da Emily, ela começa na história muito patricinha, arrogante, irritante. Mas com o desenrolar da história eu fui meio que me apaixonando por ela, sabe?! Ela vai crescendo, vai amadurecendo e a Carolina fez isso de uma maneira tão forte que a gente vai sentindo o personagem, chega num momento em que você deixa de ser um simples leitor e vira amiga da Emily, quer dizer, vira amiga de todos os personagens. A gente vai se tornando íntima, e enquanto lemos vamos sentindo o que os personagens sentem, e isso é algo incrível, pois poucos são os escritores que conseguem unir o leitor a seus personagens. E isso é coisa que eu adoro demais.

carolila-munhoz-por-um-toque-de-ouro-trindade-leprechaum-editora-rocco-05

Por um Toque de Ouro tem tudo… Amizade, amor, romance, mistério, e é tudo tão intenso. Como não gostar?! Uma história de fantasia sobre seres que não são tão usados, descrições precisas a respeito de Dublin, informações sobre a história dos lugares visitados pelos personagens, sem contar as pessoas famosas e filmes que são mencionados nos diálogos.

E pra finalizar, este livro é o primeiro de uma trilogia e eu já estou louca querendo as continuações. E é isso minha gente, gente minha… Em Fios de Prata, seu marido, e meu querido, Raphael Draccon reconstruiu Sandman. Em Por Um Toque de Ouro, Munhóz reconstruiu todo o conceito dos Leprechauns e seus potinhos de ouro. Eu amei!


Posts relacionados