Modo Meu

José González, um achado entre as trilhas sonoras da vida

08/07/2015 - Categoria: Música - Autor(a): Mariana Fernandes

José_González_photo_by_Malin_Johansson-0945-2

Faz quanto tempo que eu não falo de música aqui no blog, hein? Um pouco mais de um mês, eu acho, mas se for contar o tempo que eu não posto as minhas descobertas musicais pode colocar tempo nisso.

De vez em quando eu me toco que fiquei extremamente apaixonada por um cantor, mas acabei não contando aqui no blog. As vezes é por dúvida se aquilo é só uma fase boa da banda, outras por ciuminho bobo (acontece mas passa, porque sempre quero falar das minhas bandas favoritas com alguém), ou apenas pelo simples fato de ter esquecido, como é o caso do cantor José González, que MEU DEUS, que coisa boa de ouvir.

Como já comentei aqui, um filme para mim não é apenas sentar, assistir e pronto, muitos deles me trazem novos conhecimentos, principalmente quando se trata de trilha sonora, que costumo esmiuçar que nem promoção de ponta de estoque para ver se encontro um jóia rara. Encontrei o cantor em um dos filmes atuais que mais amo, A Vida Secreta de Walter Mitty, qual já foi comentado no blog, junto com uma diversidade de outros artistas incríveis, como Of Monsters and Men, que já falei aqui, e Davd Bowie. Falando sério vale muito a pena ouvir a trilha sonora desse filme, parece mágica!

Bem, voltando ao assunto e falando do cantor. José González nasceu na Suécia, mas possui fortes influências latinas – o que dá pra perceber em suas músicas – devido seus pais serem argentinos que imigraram para o país de origem do cantor. De acordo com o próprio José, uma de suas influências mais fortes é o poeta e músico cubano Silvio Rodríguez Domínguez, que se você ouvir, dá para perceber o que González se refere.

Com um estilo musical classificado como indie/folk sueco, não vai esquecer das referências latinas, o cantor começou a lançar seus trabalhos em 2003, mas ganhou mais visibilidade quando sua música “Crosses” saiu em um dos episódios da série The O.C., em 2006.

Minha opinião sobre o trabalho de Gonzáles são as melhores, se não eu não estaria indicando aqui pra vocês, mas sabe quando você está meio pra baixo e tenta fazer alguma coisa para melhorar?! José González é o melhor remédio! Não sei se é por causa do clima bom que “A Vida Secreta de Walter Mitty” me causou, mas as para mim os trabalhos desse cantor é uma forma minha de relaxamento e principalmente, encorajamento. Bem, espero que goste das músicas que deixei aqui no post e diz aí o que achou! ;)


Posts relacionados