Modo Meu

Qual melhor canção original? #Oscar

11/01/2013 - Categoria: Cinema e TV - Autor(a): Mariana Fernandes

Indicadas para os OscarCom a divulgação da aguardada lista de indicados ao oscar, todos os olhares se voltaram para tais filmes. Alguns que já brilharam em 2012 e outros que ainda estamos ansiosos para contemplar.

Aproveitando que sexta é o dia da música no blog, vamos voltar nossos olhos para o Oscar de melhor canção original, e fazer nossos próprios julgamentos e torcida para a música que mais nos encantou.

Em primeiro lugar vejamos a música “Before my time” do filme “Chasing ice” que para ser sincera não lembro de sua estréia e nem nunca tinha ouvido de sua música, mas como primeira impressão, me agradou. Letra e melodia de J. Ralph, “Before my time” ganha a voz encantadora da atriz Scarlett Johansson para complementar a obra. Uma bela música com cara daqueles finais de tarde mais calmos (eu acho).

A segunda é “Everybody needs a best friend” do filme “Ted” que ao contrário da primeira música, ela é bem mais dançante e eu não sei vocês, mas me trás uma impressão de música de show de cassino de Las Vegas. Com melodia de Walter Murphy, letra de Seth MacFarlane e voz de Norah Jones, “Everybody needs a best friend” trás uma visão mais antiga, por mais que seja de um filme como Ted (o que é bem intrigante).

Em terceiro “Pi’s lullaby”, do filme “As aventuras de Pi” mostra o lado exótico da prêmiação. Com melodia de Mychael Danna e letra de Bombay Jayashri, a música traz uma carga cultural que é impossível deixar de perceber.

No quarto temos “Skyfall”, do filme “007 – Operação Skyfall” que foi um sucesso de comentários. A música que foi lançada antes da estréia do filme no Brasil, só ganhou elogios e deixou os fans com mais mais expectativa. Com música e letra de Adele, “Skyfall” ganhou tanta proporção que é uma das músicas mais frequentes nas rádios.

Por último, temos “Suddenly”, de “Os miseráveis” que me impressionou na voz do ator Hugh Jackman. Melodia de Claude-Michel Schönberg e letra de Herbert Kretzmer e Alain Boublil, “Suddenly” impressiona com a voz além de sua beleza e dramaticidade.

Se eu fosse apostar em quem ganharia?! Bem, pela repercussão, diria Skyfall, mas se fosse pela beleza, eu não saberia responder. Tire suas próprias conclusões e se sinta a vontade para dar a sua opinião?!


Posts relacionados