Modo Meu

akiraTag:

29/08/2012 - Categoria: Cinema e TV - Autor(a): Caio Túlio Costa

A personificação do terror das armas nucleares. Essa é a definição de um dos monstros mais conhecidos do cinema, o poderoso Godzilla.

Fruto das brilhantes mentes da Toho Film Company Ltd. (Akira), o gigantesco dinossauro se tornou um marco da cultura popular japonesa. Até hoje – embora sua popularidade tenha caído ao longo dos anos – , Godzilla ainda é dono do título “King of all Monsters“.

Criado em 1954, o monstro foi considerado vilão, herói, ameaça e esperança. Com seus rugidos intimidantes, ataques nucleares, força e terror, participou de mais de 28 filmes pelo ocidente e oriente. O monstro deu o ar da graça em diversos quadrinhos, jogos de videogame, desenhos animados, séries e em muitas outras mídias da cultura pop.

Basicamente, em seus filmes, Godzilla é retratado como uma mistura de vários dinossauros gigantes (beirando os 100 metros), escamoso e com um rabo esmagador. Soltando raios nucleares pela boca o monstro causava destruição e caos.

Godzilla no Modo Meu2

Toda sua mobilidade foi feita através de técnicas de Suitmation, a tática usada por manipuladores de bonecos e fantasias. Por abusar de cenas com explosões e fogo real, o traje de Godzilla era feito com látex retardante de incêndio, evitando queimaduras. Os dentes foram produzidos com madeira e resina e os movimentos do rabo e da cabeça eram realizados com cabos de náilon e pequenas baterias. Seus rugidos, uma das grandes marcas registradas, era feito com sons de um contrabaixo tocado com materiais de borracha.

Godzilla no Modo Meu4

Após cativar o público com seus primeiros filmes, Godzilla tornou-se uma poderosa franquia ao adotar a postura de anti-herói para o gigante. Diversos outros monstros, oriundos da Era Atômica ou não, apareciam para digladiar com o Rei. O palco de batalha era a terra, que sofria todas as consequências e na maioria das vezes era salva pelo “herói”, que logo voltava à o longo descanso.

Seu ponto fraco costuma variar de acordo com os filmes. As vezes eletricidade, as vezes gelo. Sempre apareciam algumas armas biológicas e radioativas inventadas pelos próprios humanos para combatê-lo.

Godzilla no Modo Meu3

Seus inimigos eram os mais variados possíveis. Passavam por King Kong, Ghidorah e até MechaGodzilla, a sua versão robô. Seu último filme, o Godzilla Final Wars (2004), celebrou o aniversário de 50 anos do monstrengo. Em seu elenco, boa parte de atores dos filmes anteriores apareceram em um show de referências e homenagens. Seu enredo era basicamente uma grande guerra entre vários monstros gigantescos, aliados e rivais de Godzilla.

Confira um vídeo com grandes momentos de Godzilla:

Me diga o que achou do post, só com sua opinião o blog pode melhorar.
Deixe um comentário ou entre em contato por e-mail.


04/07/2012 - Categoria: Mangá - Autor(a): Caio Túlio Costa

Dr.-Slump-no-Modo-Meu

Akira Toriyama é o autor e ilustrador da franquia Dragon Ball, que sem sombra de dúvidas é dotada de sucesso mundial pela sua fórmula peculiar. Mas antes de iniciar a série e marcar o seu nome no universo das animações e quadrinhos, Toriyama teve toda sua fama e prestígio dedicada a uma de suas maiores obras, o super carismático e cativante Dr. Slump.

dr_slump_002-modo-meu

Publicado de 1980 à 1984 no Japão, Dr. Slump teve 18 volumes e duas séries animadas.A clássica com 243 episódios entre 1981 e 1986 e um remake de 74 episódios entre 1997 a 1999.

Quebrando os padrões de Nonsense e talvez indo até além disso, Dr. Slump conta o dia a dia da Vila Pinguim, um pequeno vilarejo em que seres humanos convivem com as criaturas mais estranhas e acontecimentos mais malucos. Diversos animais, extraterrestres, super heróis e tarados. Sembe Norimaki é um inventor frustrado que mora na vila e crê que construiu a primeira robô do mundo, Arale. Mas devido seu fracasso, cria uma robô míope e ingênua, e mesmo assim, a trata como sua filha. O enredo centra-se nas confusões causadas por Arale, seus amigos e todos os estranhos moradores da vila. Com um show de referências, trocadilhos, piadas e paródias culturais, Dr. Slump é um show de comédia e humor negro inteligente que conquistou muitas pessoas ao redor do mundo.

EM OUTRAS MÍDIAS

Dr. Slump teve a produção de 10 filmes longa-metragem animados e vários jogos eletrônicos que passaram por diversas plataformas, como do Nintendo Entertainment System ao PlatStation. Crossovers entre Dr.Slump e Dragon Ball foram criados para homenagear e referenciar as duas séries, até mesmo em episódios das duas séries em que personagens invadem a história e aparecem como figurantes em partes cruciais e eventos relacionados.

Confiram a abertura e um momento épico de Crossover:

Me diga o que achou do post, só com sua opinião o blog pode melhorar.

Deixe um comentário ou entre em contato por e-mail.