Modo Meu

carnavalTag:

26/02/2017 - Categoria: Modo Meu - Autor(a): Mariana Fernandes

Lá vem a diferentona vindo fazer 6 on 6 em pleno dia 26, e como não era de se esperar com aqueles carnavais sem sair do sofá.

Pois é minha gente, o meu carnaval é uma daqueles que a gente espera, espera, espera para chegar e aproveitar os momentos de acordar um pouco mais tarde, passar o dia deitado se quiser, maratonar aquelas séries que estavam deixadas de lado e colocar a casa nos eixos, já que não dá tempo pra fazer isso na semana.

Vamos começar pela parte chata dos grandes feriadões: faxina e super mercado. Todo grande feriado precisa da fase de estocar comida e porque não mostrar a minha realidade, não é mesmo?! Depois de passar um dia fazendo faxina, o segundo dia de Carnaval foi a vez do supermercado. Eu sei, eu sei, é chato, mas vale a pena passar os outros dias sem se preocupar com o que pode faltar.

Quando acaba a parte chata, cheias de obrigações é que chegam as partes boas. Descansar, maratonar filmes e séries no Netflix. Que por sinal vou deixar o link de alguns vídeos com dicas de de filmes e séries para você que está aí sem saber o que ver.

Filmes do John Hughes

– Séries pouco faladas

– Filmes da vida

Mas para quem está cansado de tanta maratona, ainda tem jogos e o Oscar (espero que o esqueleto de desenho tenha representado bem) chegando para deixar os dias menos tediosos com os desfiles e notas das escolas de samba.

Ah, não esquece de ver o post da galera do grupo e ganhar mais dicas de brinde! :D

Romantize-se | Console cor-de-rosa | It’s Me, Mari | My Secret Books | Maricota Cara de Ricota


05/02/2016 - Categoria: Filmes - Autor(a): Victória Duarte

apocalipse_carnaval

Se você prefere ficar em casa do que ir à praias, e a companhia da sua cama do que a de amigos bêbados nesse fim de semana de carnaval, você está lendo o post certo, no site certo!

E que tal para esse feriado um pouco de otimismo com alguns… Apocalipses? Sim, o mundo está acabando e só nos resta querer adivinhar como ele vai acabar, então por que não termos o prazer de conhecer três possibilidades para o caos vindouro? Hahaha, um pouco sombrio isso que escrevi, mas as dicas desses três filmes para aproveitar a “festa da carne” são muito boas!

O primeiro filme que vou indicar tem um dos atores mais charmosos de Hollywood como protagonista, Clive Owen. Filhos da Esperança (2006), nos faz refletir de como seria nossa sociedade se de repente, ninguém mais no mundo pudesse ter filhos, no caso do filme, se nenhuma mulher pudesse engravidar. Seria a extinção da nossa raça? O filme também é permeado de discussões políticas e boas cenas de ação. Filhos da esperança é do diretor Alfonso Cuarón, que há uns dois anos estava bem na moda, por causa do filme Gravidade. Quer mais uma referência? Ele dirigiu o filme Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban. Preciso falar mais? Dá uma olhada no trailer do filme Filhos da Esperança e me diz como não dá uma vontadezinha de ver esse filme:

Agora pronto, o mundo acabou. Imagina se o caos climático que nós provocamos tivesse tomado a Terra, e agora ela estivesse em uma baixa temperatura, tão baixa que não pudéssemos mais viver nela? Então, segundo o filme Expresso do amanhã (2015), a única oportunidade de vida seria passar o resto desse caos em um trem dando voltas e mais voltas em um percurso que nunca acabaria, já que isso é o que produziria calor para vivermos. Como se não bastasse passar o resto de sua vida dentro de um trem, o filme protagonizado pelo Cap. Chris Evans, dentro dele ainda há uma terrível luta de classes, onde os ricos ficam na parte frontal do trem, com tudo do bom e do melhor, enquanto os pobres, aqueles que compraram as passagens econômicas, ficam na parte de trás, comendo o pão que o diabo amassou. Esse, sem dúvidas, é um filme de tirar o fôlego de tantas cenas tensas… E o final é muito surpreendente! Não tem como você não assistir ele e não sentir a agonia dos personagens.

Detalhe, esse é um filminho coreano viu!

Por último, porém não menos apocalíptico, temos o maravilhoso, e homenageado desse ano no globo de ouro, Denzel Washington, no filme O Livro de Eli (2010). Mais uma vez o mundo acabou, já era, mal tem comida na terra, e os que sobreviveram ao apocalipse não tem mais esperança em nada. Quando o “dono” de um resto de cidade, interpretado SÓ por Gary Oldman, descobre que Eli leva consigo uma “arma poderosíssima” que pode dar esperanças ao povo, ele começa uma caçada por esse homem, que acredita ter um propósito aqui na Terra, mesmo depois de tanta desgraça ter assolado o planeta inteiro. Esse é um filme de ação, porém muito bonitinho, e que realmente nos dá um gostinho de esperança. Um ótimo filme que alia um bom enredo, com muitas balas!


10/02/2015 - Categoria: Filmes - Autor(a): Mariana Fernandes

10 filmes para o Carnaval_Modo-Meu

Época de Carnaval sempre tem dois lados: 1. período de folia no qual ouvimos músicas com letras inexplicáveis e passamos dias fazendo coisas que não teríamos coragem de fazer em dias normais; 2. época que aproveitamos ao máximo descansar, colocar as séries em dia e ver um bom filmezinho, porque afinal, quem não gosta?

Sei que nesse período também é hora de muita gente tentar terminar a maratona de filmes indicados ao Oscar, mas se você é daqueles que gosta de enfrentar as filas quilométricas desse período nos cinemas, só desejo boa sorte. Para quem ainda quer curtir bons filmes, mas bem deitado em sua linda cama, vou deixar aqui dez dicas de filmes, nem um pouco novos, mas que dá para serem assistidos diversas vezes, e são bem leves para curtir nesse feriadão.

1. Antes de Partir (2007)

A história de homens condenados a morte que vão em busca de realizar seus últimos desejos, antes de partir dessa para melhor. Protagonizado por Jack NicholsonMorgan Freeman esse é uma dos meus filmes favoritos, mas vou logo alertando que ele vai te dar uma vontade de levantar da cama é curtir o feriadão de alguma forma.

2. Letra e Música (2007)

Protagonizado por Drew BarrymoreHugh Grant, o filme conta a história de um “ex-cantor famoso” que precisa criar uma música para voltar a ter sucesso. E aí que entra uma aspirante a escritora para ajudá-lo. Assisti esse filme mil vezes e assistiria mais uma 30 de tão divertido que é.

3. Mamma Mia (2008)

O enredo desse filme vale a pena? Até vale, mas o melhor com certeza é a homenagem a banda ABBA, por ser um musical todo dedicado a eles, e a atuação de Meryl Streep que deixou a protagonista meio de lado, aliás nem tenho certeza se ela não era a verdadeira protagonista.

4. Garota Fantástica (2009)

Mais um filme de Drew Barrymore, mas dessa vez ela foi mais do que a atriz, possuindo as funções de produtora e diretora do longa. Contando como protagonista a atriz Ellen Page, o filme aborda a história de uma garota que não quer ser a menininha da mamãe e sonha entrar em um time de Roller Derby (uma espécie de esporte com patins muuuuito irado), o que não é bem delicado assim, por isso decide fingir a maioridade e correr atrás do seu sonho.

5. Comer, Rezar e Amar (2010)

Um daqueles filmes que te obriga a parar para pensar pensar na sua vida e o que você quer fazer com ela. Protagonizado por Julia Roberts, o longa conta a história de uma mulher que resolve dar um tempo em sua vida para viajar e experimentar coisas novas. Julia percorre três países com duas finalidades, a de comer e rezar, mas acaba encontrando o amor como consequência dessa mudança de vida.

6. Se Enlouquecer, Não se Apaixone (2010)

Um romance adolescente que se passa dentro de uma “manicômio”, tá bom pra você? A história de uma garoto que vive sobre pressão dos pais em relação aos estudos, acaba parando em uma clínica psiquiátrica e ficando de quarentena por conta do estresse. Lá ele encontra uma forma de se libertar de tanta pressão e encontra amigos de verdade. Uma história incrivelmente fofa que vale assistir num fim de tarde.

7. Um dia (2011)

A história de dois amigos que tomam caminhos completamente opostos, mas continuam com sua amizade até descobrirem que deveriam estar juntos desde sempre. Se você está afim de se emocionar nesse Carnaval, esse é o filme pode ter certeza.

8. Histórias Cruzadas (2011)

Passado na época em que a escravidão nos Estados Unidos da América já tinha acabado mas os negros ainda eram tratados como diferentes. Empregadas que passaram de geração a geração nas mesmas famílias sofriam diversos preconceitos chegando ao ponto de ter um banheiro afastado da casa, pois suas patroas acreditavam que elas passavam doenças. Mas nem todos acreditavam e aceitavam essas histórias, assim como a personagem protagonizada por Emma Stone, que ajuda essas mulheres a se rebelarem.

9. Anjos da Lei (2012)

Tem horas que assistir uma besteirol vai bem hein?! Todo mundo conhecer Anjos da Lei, por isso eu estou aqui só para lembrar de uma história bem legal de amizade.

10. Última Viagem a Las Vegas (2013)

Filmes com sessentões/setentões de uns tempos para cá ficaram meio que na moda e esse é só mais um desses blockbusters super engraçados e repletos de bons atores. Inicialmente achei que ia encontrar algo como velhos e gostosas de biquini, mas por incrível que pareça é bem melhor do que isso.

Bem, essas são as minhas 10 indicações, só falta agora você dizer o que achou e qual deu mais vontade de assistir! Ah, e claro que a maioria tem no Netflix. ;P


09/02/2015 - Categoria: Música - Autor(a): Dyego Cruz

10 músicas  de metal rock para o carnaval

Para começar essa semana pré-carnaval, nada melhor do que dicas de boas músicas para você que não curte nem um pouco esse estilo de Axé e tudo o mais que rola no meio dessa festa que nos proporciona maravilhosos cinco dias de descanso e alegria.

Aqui vão dez músicas que eu gosto e acredito que você que gosta de um bom metal ou rock, pois tem vários estilos misturados, também vai curtir. Como você também vai ver, eu escuto algumas coisas que são meio das antigas e pouca coisa nova, mas tenho certeza de que vai apreciar listinha que preparei e ainda talvez conhecer algumas bandas novas.

1. I Miss the Misery – Halestorm 

2. Angus McFife – Gloryhammer

3. Painkiller – Judas Priest

4. Take the time – Dream Theater

5. Summer Song – Joe Satriani

6. The Pretender – Foo Fighters

7. Battery – Metallica With San Francisco Symphony Orchestra

8. Vortex – Megadeth

9. Black Diamond – Stratovarius

10. You Shook Me All Night Long – AC/CD


03/03/2014 - Categoria: Cinema e TV - Autor(a): Mariana Fernandes

Selfie mais famoso de todos os tempos - by: Ellen DeGeneres

Depois do selfie mais famoso de todos os tempos e zilhares de brasileiros largando suas noites de bebedeiras de carnaval – ou não – para sentar no sofá, colocar na TNT (ou tentar a sorte na internet) o Oscar 2014 passou e com ajuda de Ellen DeGeneres assistimos uma das melhores edições de todos os tempos.

selfie

Não sei se esse ano estava bastante ligada nas apostas do vencedores ou era especialmente um grupo de amigos que me fez ter essa sensação, mas acredito que em 2014 mais olhos se voltaram para as telas para agraciar essa cerimônia que agrada/irrita tanta gente.

Pizza no Oscar 2014

É impossível parar para comentar de tudo o que aconteceu sem um equipe ~ xicante ~ sem falar que o sono é algo inevitável entre os comerciais zilhardários, que me faz pensar na felicidade das marcas Samsung, Twitter e Big Mama’s & Papa’s pela interação da apresentadora – Ellen DeGeneres – com essas marcas, chegando a distribuir pizza para todos em mais uma de suas palhaçadas de aparecer no meio da platéia, além do selfie mais famosos do mundo, claro.



Falando das apresentações, não podemos esquecer da linda Pink nos contemplando com “Somewhere Over The Rainbow“, que bateu aquela emoçãozinha, mas que arrasou – que diga Meryl Streep – com seu chapeuzinho foi Pharrell Williams cantando “Happy”, indicada na categoria de “Canção Original”, mas que infelizmente perdeu para Frozen com a arrebatadora Let It Go”pelo menos uma música a altura.

Apresentação Happy

Já os vencedores, fizeram rir, chorar e comemorar com muita coisa, mesmos na premiação de melhor fotografia, pois na minha cabeça Waltter Mitty (não foi indicado) venceria de lavada, por não ter sido usado nenhum chroma key e toda a beleza ter sido a mais pura realidade.

Leonardo DiCaprio

Sem querer discutir com quem merecia ou quem não merecia, principalmente com os fãs do DiCaprio, vou deixar a lista dos ganhadores e me diga o que achou!

Melhor filme: 12 Anos de Escravidão
Melhor diretor: Alfonso Cuarón – Gravidade
Melhor ator: Matthew McConaughey – Clube de Compras Dallas
Melhor atriz: Cate Blanchett – Blue Jasmine
Melhor ator coadjuvante: Jared Leto – Clube de Compras Dallas
Melhor atriz coadjuvante: Lupita Nyong’o – 12 Anos de Escravidão
Melhor canção original: Let it Go – Frozen: Uma Aventura Congelante
Melhor roteiro original: Ela
Melhor roteiro adaptado: 12 Anos de Escravidão
Melhor documentário em longa-metragem: A Um Passo do Estrelato
Melhor documentário em curta-metragem: The Lady in Number 6: Music Saved My Life
Melhor longa estrangeiro: A Grande Beleza
Melhor fotografia: Gravidade
Melhor figurino: O Grande Gatsby
Melhor montagem:Gravidade
Melhor maquiagem e cabelo: Clube de Compras Dallas
Melhor trilha sonora: Gravidade
Melhor design de produção: O Grande Gatsby
Melhor longa de animação: Frozen – Uma Aventura Congelante
Melhor animação em curta-metragem: Mr. Hublot
Melhor curta-metragem: Helium
Melhor edição de som: Gravidade
Melhor mixagem de som: Gravidade
Melhores efeitos visuais: Gravidade