Modo Meu

Chrono TriggerTag:

13/03/2015 - Categoria: Console - Autor(a): Dyego Cruz

chronotrigger-artwork-capa

Para dar continuidade aos posts de games clássicos, hoje a dica é de um RPG que vai fazer você que gosta do estilo pirar, e se gosta do estilo que é usado em Final Fantasy, vai gostar mais ainda.

Completando aniversário de 20 anos (muito né?) do seu lançamento que aconteceu em 11 de março de 1995, hoje o jogo clássico da vez é um dos queridinhos de muita gente por aí.

Chrono-Trigger-characters

Mas deixando a enrolação um pouco de lado, vamos lá para Chrono Trigger. Desenvolvido pela famosa Square, teve como exigência antes mesmo de ser iniciado, que fosse algo que revolucionasse na época, e para isso foram chamados os profissionais que qualquer um gostaria de ter no seu time para fazer um jogo, o The Dream Team (equipe dos sonhos), composta por Hironobu Sakaguchi (Final Fantasy), Yuji Horii(Dragon Quest), Akira Toriyama (criador do mangá de Dragon Ball), Kazuhiko Aoki, Nobuo Uematsu (músico de Final Fantasy).

Com o estilo clássico de RPG em turnos (meio esquecido atualmente), Chrono Trigger é repleto de aventuras e tantas viagens no tempo através de portais, que Crono e seus amigos sempre abrem sem querer e estão sempre tentando salvar a o mundo da destruição, que dão até nós na cabeça.

chrono-trigger-battle

Cheio de missões que vão te dar muitas horas de diversão, o jogo realmente foi o que mais revolucionou nos quesitos de jogabilidade, qualidade de gráficos que exigiam muito do console SNES, uma trilha sonora tão magnífica que foi considerada uma obra prima (ela é realmente muito boa).

E com tantas viagens no tempo, mesmo em um mundo “um pouquinho” diferente do nosso, além de todas as missões, o jogo também é cheio de referências a lendas, mitologias e história em geral.

chrono-trigger-world-map_1280x720

Se tiver ficado curioso ou se já conhecia e só quer matar a saudade, além de emulador é possível jogá-lo no PS1 (se alguém ainda tiver hehe) ou então no Nintendo DS, nas duas versões a qualidade é exatamente a mesma do jogo original, com pouquíssimas alterações no áudio, mas que continua com a qualidade ótima.

Espero que tenha gostado e se tiver algo para falar ou para sugerir, deixa aí nos comentários, pois semana que vem tem mais jogo clássico para relembrar.


31/01/2014 - Categoria: Games - Autor(a): Angelo Fonseca

zeldaocarinaoftimelinksheik615Bom, todo mundo sabe que música de boa qualidade existe em todos os estilos, seja no rock, pop, música clássica, mpb, blues e claro…também nos Video Games!

Como amante de música boa, é impossível não mencionar belos e fantásticos temas de vários jogos recentes, como God of War, com seus corais e suas orquestrações magníficas. Shadow of the Colossus, com uma trilha de grudar na cabeça, ou Uncharted, com aquele tema de sair escalando tudo que se vê pela frente, e dentre vários e vários jogos fantásticos das gerações mais recentes com trilhas de cair o queixo.

E exatamente por ser também um “old gamer” da época dos consoles de 8 e 16 bits, que não posso deixar de mencionar algumas trilhas, que mesmo com a limitação de hardware dos consoles desse período, é de se espantar com a qualidade, criatividade e de como conseguiam tirar “leite de pedra” para se chegar em resultados simplesmente fantásticos.

Começando pelos principais consoles de 8-bits como Nes (nintendinho) e Master System respectivamente. Cito primeiramente dois grandes jogos de ambas plataformas como Mega Man II (NES), um dos meus jogos preferidos até hoje, com a Música da fase final do jogo: DR. Wyli´s Castle

Em seguida o jogo Golden Axe do Master System (pra mim era e sempre vai ser o jogo do Conan), com o tema: Wilderness

Ainda nos 8-bits, posso mencionar o tema do Ninja Gaiden (NES)  (Eu era fascinado por esse jogo).

E finalizando a era 8-bits com uma das mais clássicas trilhas do Master System, do jogo Alex Kid  in Miracle World:

E foi devido a uma das melhores “batalhas” entre os dois principais consoles de 16 bits do começo dos anos 90, ou seja, SUPER NINTENDO(Nintendo) e MEGADRIVE (Sega), com hardwares mais potentes, de onde saíram jogos fantásticos e com trilhas que são referências até hoje em termos de qualidade e criatividade sonora.

Com a SEGA, jogos como Sonic(1 e 2 principalmente), Street Of Rage, Gunstar Heroes, Golden Axe(2 e 3), Altered Beast, Kid Chameleon e dentre outros, que puderam mostrar que a musicalidade dos jogos dava passos mais longos e espetaculares!

Destaco minha música preferida da franquia Sonic inteira, The Chemical Planet Zone.

E a fantástica trilha do jogo MoonWalker do Michael Jackson (onde eu mais escutava as músicas do que jogava, hehe).

Mas foi com o Super Nintendo, que vários jogos foram imortalizados não só por serem excelentes, mas por apresentarem temas que marcaram uma época dentro das locadoras e uma geração inteira de gamers, como é o caso das franquias já consagradas que nasceram no NES -8bits, como Super Mario, Metroid, Megaman e The Legend of Zelda, onde a evolução das músicas desses jogos no Super Nintendo eram verdadeiras “masterpiece“.

E foram com franquias que se popularizaram nessa plataforma que eu destaco as 3 melhores trilhas do Super Nintendo, na minha opinião…

Chrono Trigger

Top Gear – Mad Racer

Mega-Man X 

Não posso deixar de fazer menção honrosa aos 3 jogos da série Donkey Kong Country, F-zero, Street Fighter 2 e Rock´n Roll Racing, que tem qualidades musicais e temas simplesmente sensacionais. Lembrando que os dois últimos também tinham versões para o Mega Drive, não perdendo em nada em qualidade de áudio.

E assim ficou marcada a maior e melhor geração de video games de todos os tempos, com jogos fantásticos contendo músicas sensacionais.

Abraço a todos!

Obs: Em breve, um pouco das trilhas sonoras dos consoles de 32-bits( Ps1 e Saturn) e 64-Bits( Nintendo-64).