Modo Meu

halloweenTag:

26/10/2016 - Categoria: Fotografia - Autor(a): Mariana Fernandes

01-6x6-halloween-cover

Hey, tenho novidades! Fim do mês passado fui convidada pela Anna Larissa, do Console Cor de Rosa, para participar de um grupo muito amor de 6 on 6. Mas o que é um 6 on 6 mesmo? Pois é, nem eu sabia! Mas seguinte, todo mês esse grupo vai definir um tema para a gente tirar fotinhas bonitas, falar sobre esse tema e lançar todo dia 6 do mês. Deu para perceber que hoje é dia 6, né? #MaryIronica

Logo no primeiro mês da minha participação me veio um tema que eu amo/odeio, tem melhor?! Halloween, é aquela data que a gente sempre vê nos filmes dos anos 80/90 que passam na Sessão da Tarde, e deseja fortemente que esse costume passe a vir para a nossa terrinha. Por mais globalizado que esteja o mundo, infelizmente não dá para bater na porta dos outros dizendo a clássica “Doces ou Travessuras“. Essa é a parte que eu odeio, além da ligação que temos aos filmes de terror, já que eu sou a pessoa mais medrosa que conheço.

Pensando no nesse período, que pra mim é época de rituais bobinhos de Halloween que quem sabe pode passar a ser parte do seu “Dia das bruxas”.

big-planner_Outubro

O primeiro deles é o clássico “Chaves”! Lembro que quando fui fazer as divisórias do meu planner em Outubro, me veio logo esse frase: “A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena” do seu Madruga. Acredito que tenha sido a minha primeira referência de “terror” o episodio de quando a gente finalmente entra na casa da Bruxa do 71, não tem como não lembrar! hahaha

6x6-halloween-os-sete-andre-vianco-aleph

Em segundo, um bom livro de fantasia, se possível sobre vampiros, bruxas ezumbis cai bem pra esse mês. Esse dá foto é a segunda edição do livro “Os Sete“, publicado pela editora Aleph, do André Vianco, nosso vampiro brasileiro. Um fato legal sobre ele é que a primeira edição foi publicada de forma independente pelo autor, que ia de livraria em livraria para divulgar seu trabalho. Vamos valorizar né gente!

6x6-halloween-sessao-da-tarde

Em terceiro são os filmes de Halloween que passavam na Sessão da Tarde. Para mim é mais do que uma tradição assistir filmes como: Abracadabra (esse da foto), Convenção das Bruxas, Garotos Perdidos, Elvira e por aí vai. Pode me chamar de velha, mas é tão bom!

6x6-halloween-decoracao-colcha-star-wars

Como quarto, temos que pensar na decoração. Eu que considero o “Dia das Bruxas” como uma data para se libertar nas fantasias, não importando o tipo (quase um carnaval isso), acabei decorando, sem perceber, o meu quarto com a minha colcha do Star Wars. Mas o que isso tem haver? Queridinho, tudo é permitido no Dia das Bruxas, tá?! P.S: Isso porque ainda não saiu a do Harry Potter hehehe.

6x6-halloween-fantasia

No quinto, fantasias para quê te quero. É época de usar a fantasia que eu quiser! Como não sou muito de ir a festas e sair fantasiada por aí sem motivo pode me levar a uma internação psiquiátrica, usar as camisas com a temática já tá valendo! :P

6x6-halloween-series-stranger-things

E por último, e o clichê de “mais não menos importante”, e não é mesmo. Reassistir aqueles vícios de series de suspense e mistério! Claro que na foto tem que ter Stranger Things, porque, né?! Não tem como não amar. Mas tem SupernaturalPenny DreadfulGrimmArquivo X e por aí vai.

É isso! Aproveite o Halooween, e se for fazer festinha, não esquece de me chamar, tá? Eu vou de Mulan esse ano. hehehe

Ah, não esquece de ver o post da galera do grupo e ganhar mais dicas de brinde! :D

Romantize-se | Console cor-de-rosa | It’s Me, Mari | My Secret Books | Maricota Cara de Ricota


30/10/2014 - Categoria: Livro - Autor(a): Mariana Fernandes

Vampiro_Andre Vianco_Modo MeuQuando pensamos em histórias de vampiros, logo lembramos de vestimentas vitorianas, fisionomia europeia, pele clara, charme e terror (claro que não estou pensando em nada que brilha), e é assim que o autor André Vianco começa a história “Vampiro – Uma tenebrosa noite de sustos, doces e travessuras”, com uma mistura de tradicionalismo e atualidade em uma noite de Halloween.

Lançado no mês de outubro, em parceira com a Editora Rocco, para comemorar o Halloween, o livro faz parte da coleção “Meus Queridos Monstros”, que possui o objetivo de apresentar personagens clássicos a crianças.

Capa_Vampiro - Uma tenebrosa noite de sustos, doces e travessuras

Detahe_Vampiro - Uma tenebrosa noite de sustos, doces e travessuras

“Vampiro – Uma tenebrosa noite de sustos, doces e travessuras”, conta a história de Pedro, um garoto apaixonado pela amiga Bia, que recebe uma mensagem da garota pedindo para lhe encontrar após o pôr do sol em uma mansão famosa por lenda de vampiros. Depois de um caminho difícil até a mansão, Pedro encontra sua amiga Bia com um garoto vampiro, Eric Depiro, que precisa da ajuda da dupla, e assim começa a aventura do trio.

O autor da narrativa, André Vianco, é conhecido por histórias fantásticas de vampiros, para jovens, com o diferencial de trazer esses temas para a realidade brasileira. No caso da história infantil, Vianco se mostrou eclético, pois por mais que tenha no mesmo tema já usado por ele, o autor mudou completamente de estilo para atrair o público infantil, além das ilustrações de Santtos, que atrai o olhar pela beleza dos traços e acabamento da obra.

Ilustrações_Vampiro - Uma tenebrosa noite de sustos, doces e travessuras Detalhe_Vampiro - Uma tenebrosa noite de sustos, doces e travessuras

O que mais me surpreendeu foi a utilização de tecnologias atuais, como o GPS e o Smartphone, utilizados por uma criança da mesma faixa etária do leitor. Recomendo “Vampiro – Uma tenebrosa noite de sustos, doces e travessuras” para crianças com uma média de 8 anos de idade, um período que pode causar interesse na leitura, assim influenciando a conhecer autores nacionais de literatura fantásticas. #ficadica


28/10/2014 - Categoria: Ilustração - Autor(a): Mariana Fernandes

Luiza KwiatkowskaFinal de outubro logo lembra halloween, o que lembra vampiros, zumbis, monstros … e para continuar nesse clima vou falar da polonesa Luiza Kwiatkowska, uma ilustradora e designer de monstrinhos incrivelmente lindos que logo conquistam.

Em seu portfólio, Luiza logo apresenta o seu verdadeiro amor por monstros quando diz: “Minha cabeça está cheia de criaturas, então eu tenho que fazê-las vivas, pois não quero ficar louca (…) Meu trabalho é meu hobby e me faz feliz.”

Luiza Kwiatkowska - pelucia 1

Conheci Luiza Kwiatkowska vasculhando os Behances da vida, e logos me apaixonei por cada monstrinho lindo que ela faz, mas aparentemente as “pelúcias” não estão mais a venda, porém, contudo, entretanto, para compensar essa má notícia, as ilustrações estão a venda sim e são maravilhosamente acessíveis.

O seu trabalho está disponível a venda no site Society6 (olha o dela aqui), que possui várias opções de entrega dos trabalhos (papel, moldura e outros formatos) e principalmente é bem acessível paras as nossas lindas paredinhas.

Luiza Kwiatkowska - arte 1 Luiza Kwiatkowska - arte 2

Não tem muitas informação sobre ela na internet, mas em compensação o seu trabalho é bem fácil de acompanhar, por isso vou deixar aqui o link do seu Behance (aqui), para a gente babar as ilustras alheias.


27/10/2014 - Categoria: Games - Autor(a): Dyego Cruz

games-halloween-modo-meu-capa

E para começar bem essa semana “véspera” de halloween, hoje tem uma pequena lista de jogos assustadores para fazer você gritar, jogar o controle/mouse e teclado pra cima e sair correndo e não ter coragem nem mesmo de voltar pra desligar o console/pc.

Slender: The Eight Pages

Mais conhecido apenas como Slender, esse é um jogo gratuito de alto terror psicológico, em primeira pessoa e independente desenvolvido pela Parsec Productions e se baseia na lenda urbana Slender Man, que conta a história de um homem estranho que pode esticar os braços e que rapta criancinhas nas florestas/quintais.

Slender_Eight_Pages

O objetivo é bem simples, conseguir juntar oito páginas de uma carta que foi escrita por uma suposta vítima com um carinha bem esquisito que toda vida que ele aparece a música muda e se você olhar diretamente para ele, a tela começa a tremer  e o jogo termina. Os sustos são grandes e a tensão é pior pois não já como combater o Slender, apenas correr dele.

Outlast

Desenvolvido pela Red Barrels, o jogo em primeira pessoa tem como personagem principal o jornalista Miles Upshur, que recebe uma denúncia de um asilo bem estranho, e como todo repórter de carteirinha ele foi verificar, mas encontrou coisas que ninguém gostaria de ver na vida.

outlast-02

Sem possibilidade de se defender e nem de atacar qualquer inimigo, o jogador tem que achar uma maneira de conseguir sair do prédio e não se deixar encontrar pelos “pacientes” que perambulam pelo asilo podendo apenas empurrar ou abaixar de vez em quando e usando a câmera no modo noturno (que tem bateria finita, com possíveis recargas durante o decorrer do jogo) para poder escapar. O jogo é realmente bem tenso, então apenas evite jogá-lo sozinho a noite com todas as luzes apagadas mesmo que você seja acostumado com esse tipo de jogo.

Silent Hill (escolha o que mais te assusta)

Desenvolvido pela Konami, a série de jogos Silent Hill é bem conhecida por todo o seu estilo survival horror e todas as suas histórias macabras e bem boladas todas ligadas a cidade que tem o mesmo nome do jogo e suas lendas que aparentemente são bem convincentes devido a alguns eventos ocorridos nela.

welcome-to-silent-hill

Com pouca ordem cronológica em todos os jogos, na maioria é jogável em terceira pessoa e tem como maior apelo para te aterrorizar utilizar elementos visuais e musicais bastante bizarros para mexer com o seu psicológico e te dar AQUELE susto quando menos esperar. Jogue qualquer um da série e é provável que não consiga dormir direito durante algum tempo.

Resident Evil

Criado pela Capcom, tem como história fundamental o trabalho com um vírus geneticamente modificado chamado T-vírus e que foi criado pela poderosa Umbrella Corporation a fim de “aperfeiçoar” a raça humana.

video_games_resident_evil_3d_desktop_1920x1080_hd-wallpaper-1263107

Se você tem medo de zumbi e do fim do mundo, é melhor nem começar, pois o objetivo principal da série inteira é a sobrevivência com poucos suprimentos e armamentos. Agora se você adora zumbis, monstros grotescos e de uns sustos radicais, corre e vai jogar o primeiro que você conseguir que tá valendo.

Dead Space

Desenvolvido pela Visceral Games (combina bem o nome da empresa com o jogo hehe), neste survival horror temos como personagem principal, para não dizer o único sobrevivente, o engenheiro Isaac Clarke, que deve sobreviver e lutar contra uma infestação alienígena no meio do espaço.

dead-space-1

Jogado em terceira pessoa, Isaac deve combater a infecção também sem muito armamento, apenas com ferramentas de mineração encontradas na nave em que se encontra e combater os Necromorphs, criaturas infectadas e reanimadas por um organismo alienígena.

Ainda existem outros jogos mais ou tão assustadores quanto esses, então espero que caso não tenha tomado susto com nenhum deles, vai jogar e se já jogou, deixa aqui o seu comentário com o maior susto que levou enquanto jogava.


31/10/2013 - Categoria: Animação - Autor(a): Dyego Cruz

The-Addams-Family-anjelica-huston

Um notícia dessas no dia das bruxas, dia do saci, halloween ou seja lá como você gosta de chamar esse dia é mais que bem vinda para quem estava com saudades dessa família tão estranha que são os Addams.

A novidade é que a MGM está em negociações para fazer um filme em formato de animação baseado na história da família Addams, que surgiu em forma de um quadrinho de humor negro criado por Charles Addams em 1938, e que acabou em 1988 devido a sua morte.

A família Addams é formada por Gomez, Morticia, Uncle Fester (Tio Chico), Lurch (Tropeço), Grandmama (Vóvó), Wednesday (Wandinha), Pugsley (Feioso), Primo Itch e Thing (Mãozinha) já fizeram sucesso em três filmes e uma série animada que se não me engano passava no SBT aqui no Brasil pode até ser um humor diferente e que talvez muita gente não vá gostar, mas com certeza é uma diversão imensa só de pensar que terá algo novo relacionado a eles.

via Comingsonn