Modo Meu

legendTag:

22/01/2015 - Categoria: Livro - Autor(a): Elizabeth Viana

Champion_Modo Meu - marie lu - editora rocco - trilogia legend

Olá pessoas?! Então, como havia prometido na resenha anterior, cá estou eu com a “minha opinião” sobre o terceiro livro da trilogia Legend e estou feliz, pois consegui finalizar essa leitura bem antes do que imaginei, ainda bem! Bora lá, começar?

Para saber um pouco mais sobre a autora Marie Lu e os outros livros, veja aqui o livro Legend e aqui o livro Prodigy.

Depois de terem aberto mão de muita coisa em prol do povo da República e de terem “sacrificado” o sentimento que tinham um pelo outro, e de terem ajudado o país a finalmente começar um novo momento, uma boa mudança, June e Day caminham separados agora. Day já não é mais o criminoso mais procurado da República, ele é o herói nacional, o garoto propaganda do governo do grandioso Eleitor Anden. June voltou a ser a menina-prodígio da República e ocupa uma posição bastante privilegiada do governo como Primeira Cidadã, e assim passa a maior parte do tempo ao lado de Anden.

Porém, nem June e nem Day poderiam prever os acontecimentos nada agradáveis que os reuniriam novamente.

No momento em que a paz parece iminente, um vírus mortal começa a se dissipar nas colônias, e a ameaça de guerra volta a rondar as cidades fronteiriças da República. E Day descobre não ser tão saudável como imaginava.

Essa nova praga é a mais mortal de todas. Com o desenrolar da história, descobre-se que June é a única que possui a chave para a defesa do país. Mas para tentar salvar a vida de milhares de pessoas June terá que pedir a Day que, mais uma vez ele abra mão de tudo que lhe restou, o seu irmãozinho Éden.

Entre o caos da guerra, a fraca saúde de Day e o medo de que a República seja tomada pelas Colônias, June, Day, Anden e alguns dos Patriotas, tentam encontrar uma forma de vencerem a guerra.

champion - marie lu - editora rocco - trilogia legend

Champion é um livro e tanto… Pronto, falei! É o melhor dos três. Agora tenho que repetir o que já disse a respeito dessa obra e dessa autora incrível, Marie Lu construiu uma história extraordinária. Champion possui um final maravilhoso, belo e sensível. E Marie Lu o fez caprichado e muito mais rico de detalhes e diálogos, a nossa imaginação vai a mil.

Quando a gente começa a pensar que o final será de um jeito vem essa autora linda e nos dá uma reviravolta mais linda ainda.

O nome é Champion – Do Caos e da Lenda surgirá um Campeão, mas eu não vi só um campeão, o que eu vi foi um país cheinho de campeões, quanto à lenda… Bom, só a Day e sua criadora Marie Lu.

Link para compra no Submarino


29/12/2014 - Categoria: Livro - Autor(a): Elizabeth Viana

Prodigy-Mari-Lu-Editora-Rocco

Como é de costume emendei uma leitura na outra. Assim que terminei a leitura de Legend, logo comecei a ler Prodigy, mas tive que dar uma paradinha vez ou outra afinal eu ainda estou tentando terminar a minha listinha pessoal de livros… Ainda não consegui, mas vai dar certo.

Marie Lu (nascida Xiwei Lu), 30 anos, é uma escritora chinesa com literatura voltada para o público jovem adulto. Trabalhou na Disney Interactive Studio como programadora de flash/designer de arte. Além de escrever, Marie Lu também gosta de comida, aviões de combate, chá da tarde, pessoas felizes, cupcakes, pianos, cores brilhantes, chuva, luzes de natal, de desenhar, de cães e de jogar Assassin’s Creed.

Trilogia-Legend

Prodigy, segundo livro da trilogia e publicado pela Editora Rocco, tem início no mesmo lugar onde Lengend terminou: num vagão de trem rumo a Las Vegas. Depois de escapar dos militares da República em Los Angeles, June e Day chegam a Las Vegas e lá descobrem que o Primeiro Eleitor morreu e que o seu filho, Anden assumiu o comando da nação.

Com a República da América à beira da ruína, June e Day se unem aos Patriotas, um grupo de rebeldes sujeitos a ajudar Day a encontrar seu irmão mais novo, Éden, e a levá-los até as Colônias em segurança, mas isso desde que Day e June aceitem matar o novo Eleitor. Aceitar matar o Eleitor significa ter a chance de mudar a nação, de finalmente poder dar voz a um povo que viveu bastante tempo em silêncio. Porém, June acaba descobrindo que o novo Eleitor não é o ditador que o pai dele fora, e ela se vê angustiada por não saber escolher se ajuda a matar Anden ou se fica ao lado dele. E se Andem significar um novo começo para todos? E se uma revolução não tiver que ser feita só de vingança, fúria e sangue? Afinal, os Patriotas podem estar errados, certo?!

Legent-Marie-Lu-editora-rocco-jovens-leitores-trilogia

Em Prodigy alguns segredos são revelados, um triângulo amoroso surge, as cenas de amor são substituídas por cenas de ação e personagens secundários ganham um espaço bem significante e possui um final que aumenta na gente o desejo de ler logo o terceiro livro, e é exatamente isso que farei, então até a próxima resenha, que será… Champion – Do caos e da lenda surgirá um campeão.

Link para compra no Submarino


04/12/2014 - Categoria: Livro - Autor(a): Elizabeth Viana

Legent-Marie-Lu-editora-rocco-jovens-leitores-Capa

Sabe, quando li a respeito desse livro, eu logo o comparei a outras obras que não li, só vi os filmes, e assim como essas obras que não li eu tinha decidido não ler esse livro também, mas não foi bem assim que aconteceu, não é?! Graças à parceria desse blog com a Rocco, esse livro veio parar nas minhas mãozinhas por intermédio da criadora disso tudo, Mariana Fernandes. O que eu achei? Vai ter que chegar ao final da resenha pra saber!

Marie Lu (nascida Xiwei Lu), 30 anos, é uma escritora chinesa com literatura voltada para o público jovem adulto. Trabalhou na Disney Interactive Studio como programadora de flash/designer de arte. Além de escrever, Marie Lu também gosta de comida, aviões de combate, chá da tarde, pessoas felizes, cupcakes, pianos, cores brilhantes, chuva, luzes de natal, de desenhar, de cães e de jogar Assassin’s Creed.

Legend, o primeiro livro da trilogia, conta em primeira pessoa com pontos de vista alternados, o cotidiano de Day e
June em Los Angeles, mais precisamente na República da América, outrora conhecida como a Costa Oeste dos Estados Unidos, a República hoje é uma nação que vive em constante guerra com seus vizinhos, as denominadas Colônias. A diferença entre ricos e pobres nunca foi tão gritante e milhões de pessoas tentam sobreviver em favelas, onde há um surto de uma praga que aniquila inúmeras vidas por ano.

Legent-Marie-Lu-editora-rocco-jovens-leitores
Day, um garoto de quinze anos, nascido nas favelas do setor Lake das Repúblicas, é o criminoso mais procurado do país, mas suas ações não são tão mal-intencionadas quanto a República gosta de afirmar.

June, uma garota também de quinze anos, nascida em uma família de elite em um dos bairros mais abastados da República, é um prodígio militar e está sendo preparada para o sucesso nos círculos mais elevados da sociedade.

Por serem de mundos completamente diferentes, os caminhos de June e Day poderiam nunca ter se cruzado. Contudo, quando Metias, o irmão de June é assassinado e Day se torna o principal suspeito, os dois se vêem encurralados em um jogo sutil de gato e rato. Enquanto June quer vingar a morte de seu irmão a qualquer preço, Day tenta desesperadamente garantir a sobrevivência e a saúde de sua família.

Acontece que a vida na República é mais complicada do que parece, e em uma incrível reviravolta, os dois descobrem a verdade sobre o que realmente os uniu e sobre as medidas extremas as quais o país recorre para manter seus segredos a salvo.

O livro é cheio de ação, suspense e romance, ao mesmo tempo em que é divertido e cativante. Eu queria poder dizer que devorei esse livro em uma tarde ou em um único dia, mas não posso… A minha leitura, dessa vez, ocorreu de forma lenta e paciente. Logo no começo, tipo nas cinco primeiras folhas, eu ainda acreditava que não ia gostar, mas Marie Lu sabia bem o que estava fazendo… Ela tem um talento, um jeitinho de estimular a imaginação de qualquer leitor, seja com a suavidade de sua escrita ou com sua riqueza de detalhes. Peguei-me diversas vezes vendo bem nitidamente (dentro da minha cabeça, é claro!) as cenas, como em um filme.

Legent-Marie-Lu-editora-rocco-jovens-leitores-trilogia

Legend tem uma leitura fácil, agradável. Foi, para mim, uma experiência bem diferente ler este livro, e já não vejo a hora de ler os outros. E agora, além de dizer que Legend é mesmo uma história incrível, eu vou deixar vocês com uma curiosidade… Marie Lu se inspirou em escrever Legend enquanto assistia na TV a uma adaptação de Les Misérables e começou a se perguntar de que modo a relação de um famoso criminoso e um prodigioso detetive  poderia ser representado em uma história mais contemporânea.

Por hora é isso pessoal… Até a próxima resenha e tchau.

Link para compra no Submarino