Modo Meu

livroTag:

10/01/2017 - Categoria: Canal Modo Meu - Autor(a): Mariana Fernandes

A nova série do Netflix, adaptada da série de livros Desventuras em Série estreia dia 13 de Janeiro de 2017. E para quem está naquela ansiedade de ver Neil Patrick Harris e sua turma, ou já viu a temporada inteira e está naquela deprê de ter que esperar um ano para a próxima. Hoje falamos um pouco dos atores principais e dos trabalhos que cada um fez antes da série.

Filmes e séries comentados:

Neil Patrick Harris – Count Olaf / Shirley / Stefano / Captain Sham

  • American Horror Story – Temporada 4 (2014)
  • Os Muppets
  • Os Smurfs 1 e 2
  • Glee – Temporada 1 (2009)
  • How I Met Your Mother (2005 – 2013) – dirigiu a 5ª temporada
  • Law & Order – Temporada 9 (1998)
  • Os Simpsons – 3 temporada (1991)
  • Doogie Howser, M.D – 1986 (1993) – Primeiro papel

Malina Weissman – Violet Baudelaire

  • Virei um Gato (2016)
  • Supergirl – Temporada 1 (2015)
  • As Tartarugas Ninja (2014) – Primeiro papel

Louis Hynes – Klaus Baudelaire

  • Desventuras em Série (2017)
  • Barbarians Rising SÉRIE (2016) – no IMDB – Primeiro papel

Patrick Warburton – Lemony Snicket (O escritor)

  • Rules of Engagement (2007 – 2013)
  • A Nova Onda de Kronk (2005)
  • A Nova Onda do Imperador (2000) – era o Kronk que gerou filme ^
  • Pânico 3 (2000)
  • Seinfeld – Temporada 6 e 9
  • Quantum Leap – Temporada 3 (1990) – Primeiro papel

Joan Cusack – Justice Strauss

  • Shameless (2011-2015)
  • Os Delírios de Consumo de Becky Bloom (2019)
  • Escola de Rock (2013)
  • Toy Story 2 e 3 – Jessie
  • Nove Meses (1995)
  • Corina, Uma Babá Perfeita (1994)
  • A Família Addams 2 (1993)
  • Cuidado com Meu Guarda-Costas (1980) – Primeiro papel

Catherine O’Hara – Georgina Orwell

  • Schitt’s Creek (2015-2017)
  • Desventuras em Série (2004) – FILME
  • Esqueceram de Mim (1990)
  • Os Fantasmas Se Divertem (1988)
  • Depois de Horas (1985) – Primeiro papel

Cobie Smulders – Béatrice Baudelaire

  • Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D (2013)
  • Os Vingadores – The Avengers (2012)
  • How I Met Your Mother (2005-2013)
  • Smallville – Temporada 4 (2004)
  • Jeremiah – Temporada 1 (2002)

Vídeos anteriores:

Modo Meu nas redes:

Facebook: https://www.facebook.com/ModoMeu
Twitter: https://twitter.com/ModoMeu
G+: https://plus.google.com/+Modomeu
Instagram: https://instagram.com/modomeu/


03/07/2015 - Categoria: Cinema e TV - Autor(a): Rodrigo Emannuel

protagonistas-chatos-capa

O post contém alguns Spoilers, mas se assim como eu, você não estiver interessado em decepção, garanto que pode continuar a leitura sem medo de ser feliz!

Aaaaah os protagonistas! Como não odiar amar esses seres extraORDINÁRIOS? Eles são os queridinhos da galera, o centro das atenções, o “erro” do escritor e com certeza, não são de forma alguma, a última bolacha do pacote.

Nessa minha longa vida de 19 anos e 172176236721837 zilhões de séries, livros e filmes, eu sempre tive um pé atrás com os protagonistas. Não que eu seja do contra ou algo assim, até admito que existem protagonistas sensacionais em que não ousaria colocar defeitos, mas tem alguns outros em que é simplesmente impossível de se gostar, e mais impossível ainda de deixar o “rancor pós final” de lado.

Além do mais, como escritor, ainda que iniciante, eu me posiciono de forma totalmente contrária a centralização dos acontecimentos importantes em um só personagem, é uma receita que desanda, e com tantos bons e originais “Chefs” por aí, eu acho uma perca de tempo seguir “receita clássica” só por ser o caminho mais seguro.

E para provar que existem protagonistas capazes de estragar/atrapalhar o desenvolvimento de uma boa história, vou listar quatro dessa espécie nem tão rara:

1 – Tom Mason (Falling Skies)

tom mason - falling skies

Ele é o mocinho, o “Professor” de Falling Skies, sempre com sua independência, ética e amor a Terra, luta contra alienígenas a 5 temporadas e já passou por diversas situações de quase morte, sobrevivendo a encontros face a face com diversos aliens, sinucas de bico com seus piores inimigos, explosões e tiros que matariam até o Batman, e até mesmo uma ida á lua com um retorno totalmente duvidoso. É conhecido por suas façanhas na Second Mass, e até mesmo ganhou o respeito do povo Volm, que dispõem de uma tecnologia muito mais avançada, mas insistem ainda assim em ser os “cães do exército” de Tom Mason.

Como se já não bastasse tudo isso, os Espheni, vilões e responsáveis por exterminar grande parte da humanidade, não conseguem de jeito nenhum (É intervenção Divina, só pode) destruir um bando de soldados e alguns civis, que estão é claro, com Tom Mason.

2 – Ablon (A Batalha do Apocalipse)

Vamos falar do anjo renegado, o “Primeiro general” da ordem dos querubins: Ablon. Ele é o protagonista de “A Batalha do Apocalipse”, um livro do brasileiro Eduardo Spohr, que tinha tudo para ter um final fantástico.

Não que Ablon seja um personagem insuportável, ele é um guerreiro nato e participou de grandes acontecimentos no Céu, mas as situações em torno desse anjo guerreiro são tão surreais em contraste com o poder de seus oponentes, os arcanjos Miguel e Lúcifer, tudo que você espera é um desfecho honesto, e não é isso que acontece. Não fosse o poder do protagonismo, A Batalha do Apocalipse seria aquele livro que eu, em outras circunstâncias te indicaria e diria: “Wow, esse livro é do caralho!”. Mas para a minha própria frustração, existe Ablon.

3 – Clarke Griffin (The 100)

Clarke Griffin-The-100-season-2

Ela é uma daquelas adolescentes rebeldes e incontroláveis, teve que amadurecer mais cedo graças a diversas situações enfrentadas, dentre elas, a execução de seu pai. Como uma dos “100”, ela não demora a se mostrar como uma possível líder, seria um ótimo posicionamento, se a liderança dela não fosse singular, uma característica nada apreciada para alguém liderando diversas vidas que estão por um fio.

Clarke é uma personagem ao melhor estilo Tom Mason, não morre nem fodendo! Além disso, tem a admiração de todos os outros, mesmo tratando-os mal a todo momento. Ela já recusou ordens diretas de Chanceleres, que executaram muitas pessoas por menos, e saiu impune. Parou a revolta de um povo sedento por sangue, e ainda ganhou uns beijos da comandante do exercito rival. Clarke Griffin é pra mim, – 100.

4 – Seiya de Pégaso (Saint Seiya)

god_saint_seiya_pegasus_by_sonicx2011-d683ci2

Tá, eu sei que quase todo mundo curte os Cavaleiros do Zodíaco, e muita gente gosta dos cavaleiros de bronze, mas convenhamos que o Cavaleiro de Pégaso as vezes tira qualquer um do sério. Seiya é o queridinho de Atena, sua ligação forte com Saori já o tirou de boas enrascadas, e junto de seus companheiros, do protagonismo, e com uma mãozinha da armadura de sagitário, ele venceu batalhas impossíveis.

Apesar de carregar o apelido de matador de Deuses graças a sua ligação histórica com seus antepassados, Seiya não convence que é forte o suficiente para ser merecedor de tal alcunha, ele é do tipo que apanha de montão pra ganhar de forma heroica e sofrida no final.

Com tantos cavaleiros fortes e interessantes como seus quatro companheiros de bronze, os 12 de ouro, e até mesmo alguns de prata, jogar tudo nas costas de Seiya é um desperdício, além do mais, Tenma de Pégaso, da saga Lost Canvas, coloca Seiya no bolso e honra o apelido.


03/02/2015 - Categoria: Design de Interiores - Autor(a): Mariana Fernandes

Prateleitas_Modo-Meu

Todo mundo sabe que prateleiras são uma solução de espaço, pois quando não dá para ter uma armário, um rack, ou até uma mesa, essas estruturas é que salvam a pátria. Além de ser uma solução para praticamente tudo, as dito cujas são peças de decoração, podendo chamar atenção para si mesmas ou para o que é exposto nelas. Feitas de diversos materiais como: madeira, metal, vidro ou até concreto, as prateleiras em sua maioria são baratas e bem favoráveis em locais pequenos.

Atualmente, os apartamentos mais novos possuem espaços bastante limitados, principalmente quando se trata das cozinhas, sendo as soluções quase que obrigatórias, partir para os móveis planejados, que são lindíssimos mas bem caros, para a nossa sorte as prateleiras estão lá para resolver tudo, tanto problemas de espaço, para quem mora de aluguel e não quer gastar com algo assim, quanto grana do próprio proprietário.

Prateleitas2_Modo-Meu

Uma das maiores tendências da atualidade são as prateleiras curtas que servem, em sua maioria, para expor quadros, livros e pequenas peças. Também estão em alta as de teto, que consistem em estruturas próximas ao teto, muitas vezes de gesso, que na minha opinião, ou você coloca coisas que pouco usa, ou não é nem um pouco funcional.

Prateleitas_Dani Noce

Essas estruturas podem ser escolhidas de diversas formas, como eu disse anteriormente, as prateleiras podem ser de diversos materiais e também projetadas para pequenos espaços como em quinas de parede e servindo para estruturar o ambiente, ou serem feitas com materiais reutilizáveis como os caixotes e madeira de demolição, como a imagem acima feita pela doceira Danielle Noce, servindo de cenário para os seus vídeos.

Vou deixar as clássicas referências e uma lista de 5 prateleiras com um ótimo custo benefício para você ter uma ideia dos valores apresentados na internet, e quem sabe chamar de suas.

5 prateleiras _ Modo Meu

1. Prateleira Pop Natural – Tadah! – R$ 59,90

2. Prateleira Pepê – Oppa Design – R$ 167,00

3. Prateleira Brisa pequena – Meu Móvel de Madeira – R$ 67,50

4. Nicho De Parede Branco – Mobly – R$ 159,90

5. Nicho Adapte Uva – Mobly – R$ 199,00