Modo Meu

metalTag:

02/04/2015 - Categoria: Música - Autor(a): Mariana Fernandes

instumentistas_Modo Meu

Sabe aquela conversa de que vocalista é quem conquista a galera e que os demais nunca tem tanta atenção? Bem, não é sempre assim, pois temos alguns casos dentro de bandas em que o instrumentista tem tanta atenção quanto a galera da voz bonita, como os senhoritos das guitarras Slash, The Edge e Edgard Scandurra, ou o baixista Flea do Red Hot, entre outros músicos.

Mas hoje vou falar de uma galera mais chamativa ainda, pois não basta ser uma estrela, tem que ter toda uma constelação! Sim, instrumentistas que arrasam na carreira solo e acabam chamando mais atenção do que os próprios vocalistas, que na teoria deveriam ser mais queridinhos.

Tenho que lembrar que a idéia desse post surgiu do ouvinte Pedro Sena, que nos pediu para falar de algumas músicas para ouvir enquanto está lendo. Na verdade, eu não escuto música enquanto estou lendo, pois eu me embananaria toda na tentativa, mas, contudo, porém, entretanto as músicas instrumentais são uma ótima dica para quem tem esse talento de ouvir música enquanto lê, espero que goste.

1º. Joe Satriani – Guitarra

O queridinho da galera do metal – uhuuuu! -, além de ter formado uma carreira solo bem estruturada, o que rendeu estar entre os melhores guitarristas do mundo, ele também foi professor de instrumentistas com Kirk Hammett e Steve Vai.

Já deu para sacar que você vai ouvir muito metal, quando se trata do músico, o que é uma ótima opção para quem está lendo histórias com mais ação. #ficadica

2º. Herbie Hancock – Piano

Para você que não conhece, Hancock é um dos monstros do Jazz que antes de possuir carreira solo trabalhou com outros mestres da música, como: Wayne Shorter, Ron Carter e Tony Williams, um quinteto marcante para a história do Jazz.

O jazz pode ser bem animado ou lento, então indico esse estilo para quem está lendo histórias mais calmas de romance ou até sobre o próprio estilo musical, o que vai fazer você entrar no clima!

3º. Santana – Guitarra

Você pode não conhecer logo de cara Carlos Santana, mas com certeza já ouviu o trabalho dessa lenda viva. Com mais de quarenta anos de carreira, o guitarrista é considerado um dos maiores instrumentistas da geração e já teve zilhares de músicos famosíssimos participando dos seus álbuns. Sim, foi isso que você leu, não é ele que é participante do trabalho dos outros e sim, os super famosos que fazem fila para trabalhar com ele. Um desses trabalhos em conjunto que mais amo é a música “Just Feel Better” com o vocalista Steven Tyler.

O Santana possui parceria com vocalistas, mas também tem uma parte instrumental, qual indico para quem quer ler coisas sobre a cultura ou histórias que se passam no México. Acredito ser muito o clima da leitura e ficar bem mais divertido.

4º. Lindsey Stirling – Violino

Já falamos aqui, aqui e aqui sobre a instrumentista que além de violinista é musa da internet, pois foi assim que ela conseguiu toda essa fama realmente merecida. Lindsey tem um estilo bem eclético e inicialmente se apoiou em músicas já conhecidas e veneradas no mundo nerd, mas atualmente já possui trabalho autoral igualmente arrasador, por isso é fácil variar de estilo literário quando a escuta. De romance a terror, provavelmente você vai encontrar o seu predileto.

Enfim, esses são os músicos que eu realmente ouviria em minhas leituras, claro se eu não tivesse a concentração de uma criança de três anos de idade! ;D  Procurei trazer pessoas que realmente tem um grande trabalho, para que você possa conhecer, mas outras ótimas opções são ouvir só o instrumental de músicas que possuem letra, tipo Beatles, o que é fácil de encontrar as versões, ou se jogar nas trilhas sonoras, onde com certeza vai ser mais fácil casar o estilo de música com o tipo de leitura!

Boa leitura e boa música!


09/02/2015 - Categoria: Música - Autor(a): Dyego Cruz

10 músicas  de metal rock para o carnaval

Para começar essa semana pré-carnaval, nada melhor do que dicas de boas músicas para você que não curte nem um pouco esse estilo de Axé e tudo o mais que rola no meio dessa festa que nos proporciona maravilhosos cinco dias de descanso e alegria.

Aqui vão dez músicas que eu gosto e acredito que você que gosta de um bom metal ou rock, pois tem vários estilos misturados, também vai curtir. Como você também vai ver, eu escuto algumas coisas que são meio das antigas e pouca coisa nova, mas tenho certeza de que vai apreciar listinha que preparei e ainda talvez conhecer algumas bandas novas.

1. I Miss the Misery – Halestorm 

2. Angus McFife – Gloryhammer

3. Painkiller – Judas Priest

4. Take the time – Dream Theater

5. Summer Song – Joe Satriani

6. The Pretender – Foo Fighters

7. Battery – Metallica With San Francisco Symphony Orchestra

8. Vortex – Megadeth

9. Black Diamond – Stratovarius

10. You Shook Me All Night Long – AC/CD


03/02/2015 - Categoria: Design de Interiores - Autor(a): Mariana Fernandes

Prateleitas_Modo-Meu

Todo mundo sabe que prateleiras são uma solução de espaço, pois quando não dá para ter uma armário, um rack, ou até uma mesa, essas estruturas é que salvam a pátria. Além de ser uma solução para praticamente tudo, as dito cujas são peças de decoração, podendo chamar atenção para si mesmas ou para o que é exposto nelas. Feitas de diversos materiais como: madeira, metal, vidro ou até concreto, as prateleiras em sua maioria são baratas e bem favoráveis em locais pequenos.

Atualmente, os apartamentos mais novos possuem espaços bastante limitados, principalmente quando se trata das cozinhas, sendo as soluções quase que obrigatórias, partir para os móveis planejados, que são lindíssimos mas bem caros, para a nossa sorte as prateleiras estão lá para resolver tudo, tanto problemas de espaço, para quem mora de aluguel e não quer gastar com algo assim, quanto grana do próprio proprietário.

Prateleitas2_Modo-Meu

Uma das maiores tendências da atualidade são as prateleiras curtas que servem, em sua maioria, para expor quadros, livros e pequenas peças. Também estão em alta as de teto, que consistem em estruturas próximas ao teto, muitas vezes de gesso, que na minha opinião, ou você coloca coisas que pouco usa, ou não é nem um pouco funcional.

Prateleitas_Dani Noce

Essas estruturas podem ser escolhidas de diversas formas, como eu disse anteriormente, as prateleiras podem ser de diversos materiais e também projetadas para pequenos espaços como em quinas de parede e servindo para estruturar o ambiente, ou serem feitas com materiais reutilizáveis como os caixotes e madeira de demolição, como a imagem acima feita pela doceira Danielle Noce, servindo de cenário para os seus vídeos.

Vou deixar as clássicas referências e uma lista de 5 prateleiras com um ótimo custo benefício para você ter uma ideia dos valores apresentados na internet, e quem sabe chamar de suas.

5 prateleiras _ Modo Meu

1. Prateleira Pop Natural – Tadah! – R$ 59,90

2. Prateleira Pepê – Oppa Design – R$ 167,00

3. Prateleira Brisa pequena – Meu Móvel de Madeira – R$ 67,50

4. Nicho De Parede Branco – Mobly – R$ 159,90

5. Nicho Adapte Uva – Mobly – R$ 199,00


10/01/2014 - Categoria: App - Autor(a): Pedro de Farias

Dream-Theater-Live-At-Luna-Park-Top-e1389312484277

O Dream Theater, a experiente banda de “prog metal” americana, está lançando o app “Dream Theater 360º live at Luna Park”. (Para iOS, somente)

Uma ideia incrível de deixar qualquer fã desejando colocar as mãos nele imediatamente.

O app tem o show que a banda realizou na casa de espetáculos Luna Park, em Buenos Aires, Argentina. Mas com um grande diferencial: A qualquer momento, o usuário pode selecionar uma das 6 câmeras 360º disponíveis. Quer dizer que você pega qualquer uma das câmeras e aponta para onde quiser, na hora que quiser.

O vídeo explica melhor:

É ou não ~INACREBILIEVEBLE~?

Obs: O App, pelo que procurei, ainda não está na App Store brasileira, mas vamos torcer e aguardar.


22/02/2013 - Categoria: Música - Autor(a): Pedro de Farias

QWteC

Primeiramente senhoras e senhores, deixem-me expressar uma opinião simplória sobre esta magnifica peça musical:

CARAIO VÉÉÉÉÉI! QUE DISCO FODA!

Agora vamos ao que interessa.

Coheed and Cambria é uma banda norte-americana que faz um som que soa como metal progressivo tocado por uma banda de hardcore melódico californiano, muitas vezes resumido como “new prog”. Que no fim das contas não faz o menor sentido, você tem que escutar.

Eles lançaram há alguns meses o fenomenal “The Afterman – Pt1. Ascention” primeira parte de um disco duplo conceitual com tema futurístico, inspirado em HQs.

E digo, é uma obra prima, o disco duplo como um todo, o CaC já tinha alguns discos muito bons, mas esse chegou ao ponto que uniu uma banda no ápice do vigor com uma produção bem trabalhada e esmerada, semelhante a um Led Zeppelin IV ou um Dark Side of the Moon, guardadas às devidas proporções.

As músicas principais ganharam clipe, vamos a eles:

Domino the Distitute Tem uma narrativa forte sobre o confronto com uma situação difícil e a superação. É uma história com começo, meio e fim. Veja o vídeo que apenas por ele basta para se entender a música.

The Afterman, esta música épica (e minha favorita dos dois discos), conta a história da esposa de Sirius Amory, cosmonauta e personagem principal que partiu em uma missão suicida, e a falta que ele faz na vida dela. (observe que quando ele sai da água, está completamente seco, isso foi gravado propositalmente para deixar claro que é a imaginação dela)
LINDA!

O mais legal que a banda lançou uma edição especial do disco com uma HQ com mais de 60 páginas. Coisa linda de deus. (alguém aí quer me trazer um dos EUA?)

É isso! Escute, escute e escute!

ah! E que cabelo foda é esse do Claudio Sanchez!? merece ser citado!

7283205_orig