Modo Meu

o gigante de açoTag:

22/12/2014 - Categoria: Animação - Autor(a): Dyego Cruz

iron-giant-film

No meio de tantas histórias boas e lançamentos blockbusters no cinema, hoje tem algo um pouco mais antigo para ser falado, pois mesmo com mais de dez anos de existência e na época tendo sido indicado a vários prêmios, juro como não lembro desse filme ou de alguém que tenha comentado sobre ele em algum lugar (tanto que as informações que consegui achar estão até um pouco controversas internet a fora).

O filme em questão é O Gigante de Ferro (The Iron Giant), foi roteirizado por Tom McCanlies e dirigido por Brad Bird. A produção da animação, que iniciou em 1994, teve muitas dificuldades, mas após o seu lançamento pela Warner Bros. em 1999, fez muito sucesso ao ponto de ganhar o Prêmio Hugo de Melhor Apresentação Dramática.

A animação se passa em 1957, que para que não se lembra das aulas de história, foi a época em que a Guerra Fria estava no seu ápice, o que causa uma maior tensão, devido a presença do exército e a paranóia do agente Kent Mansley, que fica louco ao saber de uma acidente que houve na pacata cidade onde tudo acontece. Afinal além de as pessoas terem medo do desconhecido, naquela época sempre se pensa “de quem é aquela coisa?”.

SHjSrVygUc4iLy1GnsK89tL138

Mas tirando toda essa parte tensa de guerra, a história é focada em Hogarth, o garoto que encontra um robô gigante que não se sabe de onde veio (nem ele mesmo sabe ou não lembra), e na amizade entre os dois, que vai se fortalecendo cada vez mais ao longo da trama.

O final que é o mais emocionante e deixa muita coisa no ar, ao ponto de deixar sua visão meio manchada e tal. E para a sua sorte, não irá precisar ir buscar o filme em fontes obscuras, pois o mesmo está no catálogo do Netflix, então corre lá e assiste, pois é um filmaço que foge de toda aquela moda computadorizada que se instaurou na década de 90 e nos persegue até hoje.

P.S: Assim como o filme, o robô é muito mais do que aparenta. ;)