Modo Meu

ostTag:

23/04/2015 - Categoria: Música - Autor(a): Dyego Cruz

Fall out boy - 1401x788-460791158

Fissurado por trilhas sonoras como estou ultimamente, depois de ter visto o filme e feito um post sobre Operação Big Hero (Big Hero 6), passei um bom tempo ouvindo a trilha de Henry Jackman, especialmente uma música que está nos trailers e que é tocada nos créditos.

Hoje irei comentar sobre Fall Out Boy, banda americana de Pop Punk formada em 2001 por Patrick Stump, (vocal principal e guitarra), Pete Wentz (baixo, vocal secundário, e compositor principal), Andy Hurley (bateria) e Joe Trohman (guitarra).

fall-out-boy

A estreia de Big Hero 6 foi em 2014, mas o single “Immortals”, que combinou perfeitamente tanto com o visual quando com a história que foi mostrada no filme, foi lançado oficialmente em disco apenas em Janeiro de 2015, junto com vários outros sons que vão te deixar bem agitado e empolgado em qualquer coisa que você estiver fazendo.

Claro que não é todo mundo que gosta de punk e muitos outros não gostam de pop também, mas essa mistura que a banda faz é bastante divertida, pelo menos para mim e espero que para você também.

As faixas que mais e destacam no disco American Beauty/American Psycho são “Immortals”, que foi o que me levou a conhecer a banda,”Irresistible” e “Centuries”. As outras podem ser legais também, mas gostei muito mais dessas duas e o clipe deve estar em algum lugar do post para você ver hehe.

Enfim, espero que curta a banda e se tiver mais alguma para indicar é só falar, pois adoro conhecer bandas novas. Abraço e até mais.


13/03/2015 - Categoria: Console - Autor(a): Dyego Cruz

chronotrigger-artwork-capa

Para dar continuidade aos posts de games clássicos, hoje a dica é de um RPG que vai fazer você que gosta do estilo pirar, e se gosta do estilo que é usado em Final Fantasy, vai gostar mais ainda.

Completando aniversário de 20 anos (muito né?) do seu lançamento que aconteceu em 11 de março de 1995, hoje o jogo clássico da vez é um dos queridinhos de muita gente por aí.

Chrono-Trigger-characters

Mas deixando a enrolação um pouco de lado, vamos lá para Chrono Trigger. Desenvolvido pela famosa Square, teve como exigência antes mesmo de ser iniciado, que fosse algo que revolucionasse na época, e para isso foram chamados os profissionais que qualquer um gostaria de ter no seu time para fazer um jogo, o The Dream Team (equipe dos sonhos), composta por Hironobu Sakaguchi (Final Fantasy), Yuji Horii(Dragon Quest), Akira Toriyama (criador do mangá de Dragon Ball), Kazuhiko Aoki, Nobuo Uematsu (músico de Final Fantasy).

Com o estilo clássico de RPG em turnos (meio esquecido atualmente), Chrono Trigger é repleto de aventuras e tantas viagens no tempo através de portais, que Crono e seus amigos sempre abrem sem querer e estão sempre tentando salvar a o mundo da destruição, que dão até nós na cabeça.

chrono-trigger-battle

Cheio de missões que vão te dar muitas horas de diversão, o jogo realmente foi o que mais revolucionou nos quesitos de jogabilidade, qualidade de gráficos que exigiam muito do console SNES, uma trilha sonora tão magnífica que foi considerada uma obra prima (ela é realmente muito boa).

E com tantas viagens no tempo, mesmo em um mundo “um pouquinho” diferente do nosso, além de todas as missões, o jogo também é cheio de referências a lendas, mitologias e história em geral.

chrono-trigger-world-map_1280x720

Se tiver ficado curioso ou se já conhecia e só quer matar a saudade, além de emulador é possível jogá-lo no PS1 (se alguém ainda tiver hehe) ou então no Nintendo DS, nas duas versões a qualidade é exatamente a mesma do jogo original, com pouquíssimas alterações no áudio, mas que continua com a qualidade ótima.

Espero que tenha gostado e se tiver algo para falar ou para sugerir, deixa aí nos comentários, pois semana que vem tem mais jogo clássico para relembrar.


28/01/2015 - Categoria: Animes - Autor(a): Dyego Cruz

gundam-00-gundams

Se você é daqueles que além de ser um amante dos animes e ainda mais um amante de luta entre robôs GIGANTES, garanto que vai gostar muito dessa dica que irei deixar aqui hoje.

Mobile Suit Gundam 00 é parte de uma franquia bem antiga que já foi transmitida na época pela rede Manchete na mesma época em que assistíamos Cavaleiros do Zodíaco, Samurai Warriors, Shurato, Yu Yu Hakusho, Super Campeões e por aí vai. Coisa que a gente já considerada velha hoje.

gundam-00-dynames-1080x675

A série dirigida por Seiji Mizushima, roteirizada por Yousuke Kuroda e com character design de Yun Kouga, foi lançada em 2008 e teve sua primeira temporada com 25 episódios e foi o primeiro da franquia Gundam a ser exibido em HD e também a seguir um calendário “comum”, mas apenas num futuro um pouco mais distante.

Começando em 2307 D.C, após o petróleo ter finalmente chegado ao fim, a humanidade se encontra num mundo em que dependem totalmente da energia solar e se unem em três grandes poderes econômicos para construírem uma estrutura ao redor do planeta que serve para captar energia solar.

gundam-00-exia-1080x675

Mesmo depois dessa união e divisão do mundo em três blocos econômicos, ainda existem muitas guerras por poder, e durante tudo isso aparece uma organização paramilitar chamada “Celestial Being”, que passa uma mensagem de que irá erradicar as guerras seculares e terrorismos em geral utilizando seus mobiles suits (Gundam) que são muito mais avançados tecnologicamente do que a humanidade já conseguiu chegar.

Com personagens misteriosos e cada um com missões que nem mesmo todos da equipe conhecem, os chamados Gundam Meisters são os pilotos dessas máquinas tão poderosas e com design que deixam nós fissurados por robôs de queixo caído.

gundam-00-kyrios-1080x712

A série também mostra o drama de algumas pessoas que indiretamente acabam sofrendo com todas as intervenções feitas pela organização, e que futuramente também irão se envolver diretamente com tudo que está acontecendo.

Além da história emocionante que vai revelando aos poucos o passado de cada personagem, temos também uma trilha mais empolgante ainda, que permanece com o mesmo estilo e na segunda temporada, que se passa alguns anos após o término da primeira.

gundam-00-tieria-1080x675

Foi feito também um filme para servir como um episódio final, que serve para explicar os motivos principais da “Celestial Being” e mostrar ao mundo para o que eles deveriam se preparar. Na minha opinião esse último episódio não precisaria existir, pois ele foge um pouco do que foi mostrado nas duas temporadas, mas espero que consigam assistir tudo e que gostem, pois esse anime é MUITO MASSA!


19/12/2014 - Categoria: Música - Autor(a): Dyego Cruz

top 10 de músicas 2014 modo meu

Além das retrospectivas e todas as outras comemorações que temos  no final de ano, sempre tem aqueles bons top 5, top 10, top 100 e por aí vai, com todas as coisas que mais chamaram a atenção ou fizeram sucesso durante o ano que se passou.

Nós do Modo Meu, como amantes da música, não poderíamos ficar de fora, então fizemos uma lista com 10 sucessos (mesmo que só a gente tenha gostado hehe) que além de alguns artistas, inclui também algumas trilhas sonoras que marcaram o ano de 2014 e que dificilmente alguém conseguirá esquecer que nem aconteceu com a água de côco do Naldo.

Músicas

Tivemos muitas músicas que passaram o ano bombando, mas aqui selecionamos as que mais gostamos e que ainda ouviremos muito nos próximos anos. Principalmente Animals e seu clipe polêmico do Maroon 5 e Shake it off com seu “haters gonna hate“, da linda Taylor Swift.

  • Animals – Maroon 5
  • Bang Bang – Jessie J. feat. Nicki Minaj e Ariana Grande
  • Shake it off – Taylor Swift
  • Fancy – Iggy Azalea feat. Charli XCX
  • Problema – Ariana Grande feat. Iggy Azalea
  • Can’t Remember to Forget You – Shakira feat. Rihanna

Trilhas

Aqui nós temos um diferencial, pois temos trilhas sonoras que deram toques mais que magníficos em seus filmes, Frozen, com seu Le it Go que fez muitos pais por aí odiarem o filme de tanto ouvir essa música, Begin Again, com a voz da Keira Knightley e de Adam Levine (sim, o do Maroon 5) e a trilha do filme A Vida Secreta de Walter Mitty.

Não podemos esquecer também a música que me dá vontade de chorar, pois a sua melodia e a sua letra representam perfeitamente o final não só de O Hobbit, mas de toda uma era Tolkien. Ainda mais sendo cantada e tocada por Billy Boyd, o ator que interpretou Peregrin Tûk na série O Senhor dos Anéis, e que já deu uma palhinha cantando em O Retorno do Rei.

Playlist

Espero que tenham gostado dessa lista e se quiserem, mandem mais.


18/09/2014 - Categoria: 513 Podcast - Autor(a): Dyego Cruz

513 podcast #28 - As melhores trilhas sonoras do cinema tv - capa

E depois de muito esperar, no 513 podcast de hoje, Mariana FernandesDyego CruzAngelo Guedes e Bells Viana soltam a voz e falam sobre as trilhas sonoras de filmes e séries que eles mais gostaram e não cansam de ouvir até hoje.

Créditos:

  • Capa: Mariana Fernandes
  • Trilha de começo e fimPedro de Farias 
  • Edição: Dyego Cruz

Comentados no podcast

Olha o FEED!

Siga a gente no twitter!

Fanpages

E-mails e comentários

  • Envie sugestões, comentários, críticas e o que mais você quiser falar sobre o podcast e da gente para contato@modomeu.com.