Modo Meu

Scarlett JohanssonTag:

18/08/2014 - Categoria: Filmes - Autor(a): Mariana Fernandes

Movie Chef no Modo MeuSegunda-feira é aquele dia que ou começa bem porque teoricamente você faz o que adora, ou é sofrido, porque infelizmente nem todo mundo tem o que sempre quis. Para amenizar esse dia mundialmente sofrido, existem mil bobagens que eu poderia colocar nesse post, mas por que não um filme esperançoso como “Chef“? Uma aposta do famoso diretor de Homem de FerroJon Favreau.

A história começa com o protagonista Carl Casper (Jon Favreau), um chef de cozinha de um renomado restaurante que por mais que seja apaixonado pelo que faz ainda se sente incomodado pela forma que o seu trabalho é tratado pelo dono do restaurante, devido a mudanças, palpites e principalmente o descaso com os clientes, os quais Carl considerava tão importante.

Cena do filme ChefCena Chef - Carl e filho

Em meio de tanta insatisfação e uma crítica negativa que para Carl foi a gota d’água, uma grande discussão surge, fazendo com que a vida do chef mude. Após ver que o mercado tinha se fechado para ele, com a ajuda do amigo Martin, sua ex-mulher e seu filho, Carl entra para o negócio de venda de alimentos em trailer, o que o deixou mais próximo de seus clientes, fazendo com que ele pudesse ver de perto o amor de cozinhar para qualquer pessoa sem regalias e regas de um estilo mais sofisticado.

Esse filme me fez parar para pensar em tanta coisa que acontece em nossas vidas e acabamos deixando como está pela simples comodidade que por mais comédia e bobo que a crítica tenha sugerido, Chef é uma boa reflexão sobre o que estamos fazendo em nossos trabalhos.

Cena de chef o filmeFilme chefElenco do filme Chef

Aém de Jon Favreau, o filme conta com a atuação dos famosos: Robert Downey Jr., Dustin HoffmanScarlett JohanssonJohn Leguizamo (que conhecemos como “O Peste“, o clássico da Sessão da Tarde) para chamar mais atenção para quem gosta de ver famosos na telinha. Acredito ser uma boa indicação de filme, pois afinal, quem resiste a uma boa culinária? ;)


11/01/2013 - Categoria: Cinema e TV - Autor(a): Mariana Fernandes

Indicadas para os OscarCom a divulgação da aguardada lista de indicados ao oscar, todos os olhares se voltaram para tais filmes. Alguns que já brilharam em 2012 e outros que ainda estamos ansiosos para contemplar.

Aproveitando que sexta é o dia da música no blog, vamos voltar nossos olhos para o Oscar de melhor canção original, e fazer nossos próprios julgamentos e torcida para a música que mais nos encantou.

Em primeiro lugar vejamos a música “Before my time” do filme “Chasing ice” que para ser sincera não lembro de sua estréia e nem nunca tinha ouvido de sua música, mas como primeira impressão, me agradou. Letra e melodia de J. Ralph, “Before my time” ganha a voz encantadora da atriz Scarlett Johansson para complementar a obra. Uma bela música com cara daqueles finais de tarde mais calmos (eu acho).

A segunda é “Everybody needs a best friend” do filme “Ted” que ao contrário da primeira música, ela é bem mais dançante e eu não sei vocês, mas me trás uma impressão de música de show de cassino de Las Vegas. Com melodia de Walter Murphy, letra de Seth MacFarlane e voz de Norah Jones, “Everybody needs a best friend” trás uma visão mais antiga, por mais que seja de um filme como Ted (o que é bem intrigante).

Em terceiro “Pi’s lullaby”, do filme “As aventuras de Pi” mostra o lado exótico da prêmiação. Com melodia de Mychael Danna e letra de Bombay Jayashri, a música traz uma carga cultural que é impossível deixar de perceber.

No quarto temos “Skyfall”, do filme “007 – Operação Skyfall” que foi um sucesso de comentários. A música que foi lançada antes da estréia do filme no Brasil, só ganhou elogios e deixou os fans com mais mais expectativa. Com música e letra de Adele, “Skyfall” ganhou tanta proporção que é uma das músicas mais frequentes nas rádios.

Por último, temos “Suddenly”, de “Os miseráveis” que me impressionou na voz do ator Hugh Jackman. Melodia de Claude-Michel Schönberg e letra de Herbert Kretzmer e Alain Boublil, “Suddenly” impressiona com a voz além de sua beleza e dramaticidade.

Se eu fosse apostar em quem ganharia?! Bem, pela repercussão, diria Skyfall, mas se fosse pela beleza, eu não saberia responder. Tire suas próprias conclusões e se sinta a vontade para dar a sua opinião?!