Modo Meu

Categoria: Rede Social

11/11/2013 - Categoria: Rede Social - Autor(a): Mariana Fernandes

My Thoughts on Google+Para quem não soube, semana passada o Youtube teve seus comentários mudados para integrar com o G+ (Google Plus), trazendo uma maior facilidade com a ferramenta, mas no lugar da mudança trazer alegria para os usuários, ela trouxe revolta das pessoas que não curtem o G+.

Casos como o “primeiro cara a colocar um vídeo no Youtube” reclamando não chamaram tanta atenção quanto o da menina Emma Blackery, que fez uma música reclamando da ferramenta. Uma canção que seria bem fofa se não fosse o refrão em que a garota diz: “Foda-se, Google Plus/Nós não queremos o seu maldito barulho/Você arruinou o nosso site e chamou isso de integração/Estou escrevendo esta canção para desabafar nossa frustração…”

Com mais de 700.000 visualizações e 100.000 likes, o vídeo parece ter uma aceitação bem forte, ou seja, a maioria não gostou nem um pouco dessas mudanças. Então o que será que o Google vai fazer depois dessa?

Pra ser sincera, pra mim não fez muito diferença, já que o Google já fez a minha conta com G+ no automático, mas diz aí se a Emma tem ou não tem razão.

Veja o vídeo (My Thoughts on Google+):


16/07/2013 - Categoria: Games - Autor(a): Dyego Cruz

alvanista-capa-modo-meu

Para você que não sabe o que é, encare o post como uma breve apresentação, e para você que já conhece mas tá com a memória fraca, me encarregarei de refrescar a sua memória sobre o assunto.

Alvanista é uma rede social de games feita com o objetivo de compartilhar experiência, organizar e até relembrar de todos (ou quase todos) os jogos por console/PC que você tem, que jogou, que finalizou e por aí vai.

Em pouco mais de um ano desde a sua fundação, que foi em Maio de 2012, a rede cresceu bastante e já teve muitas versões que sempre visaram melhorar a interação com os usuários e integração com as redes xBox Live, PSN, Steam e até WoW (World of Warcraft).

alvanista-login-twitter-facebook-email-modo-meu

Além de poder se logar na rede utilizando a integração com o twitter e/ou Facebook.

Nova Versão

No lançamento de sua nova versão, a Nova Alvanista teve uma redesign completo, adição de novos recursos e uma reestruturação para suportar o crescimento que a rede teve e que possa ter no futuro (assim todos esperamos).

É como disse uma um dos idealizadores do projeto, “É a maior atualização desde o lançamento da Alvanista.”.

Saiba mais

Então, para saber mais detalhes sobre tudo que há de novo na Alvanista, acesse o post no blog deles e para mais informações sobre a rede em em si (principalmente para você que é jornalista), basta acessar a página de imprensa da rede.

Links da rede


14/05/2013 - Categoria: App - Autor(a): Pedro de Farias

RAndo

Antigamente, havia uma brincadeira que consistia em colocar uma carta dentro de uma garrafa e joga-la ao mar. Fazendo com que a carta, que poderia contar um pouco da história e até segredos do autor, chegasse a um destinatário completamente desconhecido.

Em tempos de internet, é comum ficarmos sabendo de histórias que garrafas que ficaram quase 100 anos perdidas no mar…

O Rando, app para Android e iOS oferece a mesma experiência, mas com fotografias, para nosso tempo.

Funciona assim:

1- Você tira uma foto.

2- A foto é enviada randomicamente para qualquer lugar do mundo, você só fica sabendo para onde.

3- Você recebe em troca uma outra foto, sabendo também somente de onde ela veio (representada por um ponto no mapa).

4- É isso! Vocês trocam fotos. Mas nunca ficarão sabendo as identidades um do outro, nada de integração com Facebook, Twitter e etc.

5- Como diz o lema do app: “Apenas a apreciação da pura fotografia”

Eu recomendo!

Screenshot_rando

Um exercício para conhecer um pouco do que as pessoas de outras culturas tem a mostrar, e para mostrar um pouco da sua, abstendo completamente do Ego de saber oque a pessoa vai achar de ti e vice-e-versa.

P.S.: Não sei se é só comigo, mas no meu recebo muita foto de Sul-Coreano e Árabe.
P.S.: Ao contrário de todos os outros serviços que incluem anonimato nesse mundão de internet de alá, até agora não me deparei com conteúdo impróprio. Então, lá, tudo funciona.


20/03/2013 - Categoria: App - Autor(a): Pedro de Farias

VineO Twitter vem tentando se afirmar nos últimos tempos como algo importante para a internet. Para isso, tomou algumas decisões controversas que nós já citamos aqui diversas vezes, como fechar a  Integração com outras redes sociais e aplicativos.

Mas nem tudo é drama, o Vine, o app mais divertido dos últimos tempos da última semana, é um feliz efeito colateral dessa corrente do twitter. O app, por enquanto só disponível para IOS, permite que você grave vídeos de até 6 segundos com som e de uma maneira bem intuitiva. Quando você toca a tela do dispositivo ele está gravando, ao soltar, ele para. Isso permite edições rápidas na hora da gravação sem muito esforço.

Bem, como trata-se de uma rede social. Vamos aqui indicar quem seguir, pois apenas com bons contatos a uma rede social pode se tornar interessante, por melhor que a ideia seja.

@WillSasso

Ator americano, podcaster, um dos três patetas no último filme. Mas que no Vine é conhecido pelas ótimas imitações e pelo seu problemas com limões (Haha, sério, você precisa ver isso).

@ColinYovng (SIM, um “n”)

Vocalista de uma banda que eu nunca tive a curiosidade de escutar. Mas no Vine é famoso por pregar peças na namorada. Sério, a menina é uma santa por ainda não te-lo matado, vai desde desarrumar toda a pilha de roupas que ela deve ter passado horas organizando até espera-la chegar do trabalho atrás da porta armado de um saco de farinha, para então despeja-lo sobre ela.
É engraçado, sério.

@IzzyNobre

Velho conhecido da internet brasileira. No Vine, o brasileiro mais criativo, fazendo desde unboxin de pés (sim, tirar o sapato, a meia e descreve-lo) até pequeninas esquetes com action-figures.

@NaoSalvo

O dono de um dos melhores blogs de Humor do Brasil também tem um VIne, onde posta pequenas esquetes de humor, nada muito fixo. Mas vale a pena acompanha-lo.

E porque não? Os nossos: @PedrodeFarias @ModoMeu e @Dyego_Cruz

Só eu tenho vídeos por enquanto, mas o negócio promete. (principalmente quando sair uma versão para Android.)


12/03/2013 - Categoria: App - Autor(a): Pedro de Farias

game over Tweet Deck

Repare que nas vezes que mencionamos o twitter aqui no Modo Meu nos últimos meses sempre foi se referindo a alguma coisa que ele não permite mais. E ele não nos decepciona, trazendo mais uma. UHU! (#SQN)

TweetDeck é o mais clássico e utilizado cliente de twitter que conhecemos, e desde que foi comprado pelo próprio Twitter em 2011, tem se tornado cada vez mais limitado em termos gerais (Lembram que era possível escrever tweets com mais de 140 caracteres?) e mais fechado à outras redes sociais (Lembra que dava até pra fazer checkin no Foursquare e postar foto no Flickr por ele?).

E agora o twitter dá mais um passo em direção à própria cova para se fechar a outras redes sociais, dessa vez vai ser a integração com o Facebook que vai virar história.

Segundo post no blog da empresa, os Apps para iOS (Iphone, Ipad e Ipod), Android, Mac e Windows deixarão de existir, e não adianta ser espertalhão e guardar o app para sempre no backup da nuvem (como eu faço com o insubstituível mas extinto Google Listen para android… Não conta pra ninguém…), pois eles deixaram de funcionar “em breve”, segundo o twitter.

A única alternativa será o App para Chrome, que você pode instalar aqui.

Eu já estou apenas com o App para Chrome há mais de um ano, e ele é funciona muito bem viu? Pode ficar tranquilo se você vai usa-lo a primeira vez agora.

Quanto aos apps móveis, era o caminho natural, o app do Twitter já faz o trabalho muito bem, e tanto iOS como Android tem opções de integração direta com as redes sociais, sem precisar passar por app obrigatoriamente. O TweetDeck só está se retirando elegantemente de onde ele não é mais necessário.

Mas a pergunta é: Será que se ele ainda fosse de uma empresa livre e não do Twitter, estaria se fechando ao Facebook? .Nós não engoliremos essa, Twitter.